Notícias

Metal Mecânica

29/09/2017 - IPESI INFORMA

Faturamento da indústria de bens de capital cresce com ajuda das exportações

As vendas da indústria de bens de capital no valor R$ 6.086,14 milhões cresceram 3,9% em agosto, em comparação de julho, principalmente pela aumento das exportações - cerca de 40% da receita da indústria de máquinas e equipamentos é obtida com as vendas externas, segundo a Abimaq, que divulgou os dados setoriais no dia 27 de setembro. Na comparação com agosto de 2016, a receita líquida cresceu 2,6%. Porém, no ano, com movimento de R$ 44.152,07 milhões, o setor acumula queda de 4,1%, principalmente pelo efeito da valorização do real, nas exportações. No mercado interno, a receita de R$ 26.115,66, de janeiro a agosto, indica ligeiro recuo (-0,7%) de janeiro a agosto em comparação ao mesmo período de 2017.

O consumo aparente, porém, continua negativo em todas as comparações. O consumo de R$ 7.386,79 milhões em agosto é 4,6% menor que o de julho e 9,3 inferior que o de agosto de 2016. O consumo aparente de R$ 56.409,65 de janeiro a agosto é 23,3% menor que o observado no mesmo período de 2016.

As exportações - que poderiam ser maiores com uma taxa de câmbio mais competitiva - apresentam indicadores positivos. As vendas externas em agosto de US$ 835,53 milhões em valores FOB são 14,9% maiores que a do mês anterior e 19,9% superiores às de agosto de 2015. O acumulado de US$ 5.646,12 milhões de janeiro a agosto é 6,7% superior ao verificado no mesmo período do ano anterior.

As importações em agosto somaram US$ 1.095,09 milhões, 5,1% menos que julho e 8,4% menores que em agosto de 2016. No ano, as importações somaram US$ 8.308,67 milhões, 25,4% abaixo do observado no período de janeiro a agosto de 2016.

Comente essa notícia