Notícias

Metal Mecânica

10/10/2017 - IPESI INFORMA

Mercopar deve gerar mais de R$ 69 milhões de negócios nos próximos 12 meses

Pesquisa realizada junto a expositores e empresas compradoras, a 26ª Mercopar - Feira de Subcontratação e Inovação Industrial, realizada entre os dias 3 e 6 de outubro, em Caxias do Sul (RS), teve um incremento de 43% com relação aos números verificados no ano passado. Na média, cada um dos expositores realizou 77 contatos na feira, com possibilidades de novos negócios.

A projeção para os próximos 12 meses chega a R$ 69,3 milhões, levando em conta a movimentação nos estandes e também as reuniões na Rodada de Negócios. "É um número significativo que demonstra, na prática, o acerto que as empresas tiveram ao participar da Mercopar. Construímos um ambiente apropriado para as negociações, reforçando este novo momento de retomada do cenário econômico. Além disso, oferecemos uma série de eventos e palestras que disseminaram o conhecimento, sobretudo na área da inovação, tecnologia e Indústria 4.0, pois as empresas precisam estar preparadas para uma nova realidade. E quem tiver maior capacidade de se adequar, sairá na frente. Os modelos de negócios tradicionais precisam ser revisados", afirma o diretor Técnico do Sebrae-RS, Ayrton Pinto Ramos.

Outro dado significativo apontado pela pesquisa é de que 87% dos expositores pretendem participar da feira em 2018. Ampliar o número de clientes, divulgar seus produtos e a empresa no mercado, além de aumentar e diversificar o número de fornecedores, foram os principais objetivos neste ano. "A reação do mercado é inequívoca. O nome do jogo é velocidade e agilidade, com as pequenas empresas complementando o que as grandes não conseguem fazer. A Mercopar é um retrato do presente e uma projeção do futuro. O empresário brasileiro é bastante inovador e sabe que precisa investir para ser competitivo", destaca Valério Regente, diretor-geral da Hannover Fairs Sulamérica.

Durante os quatro dias da Mercopar, os pavilhões do Centro de Feiras e Eventos Festa da Uva receberam um público de aproximadamente 13 mil visitantes.

INDÚSTRIA 4.0 - Um dos focos da Mercopar neste ano foi o Salão da Inovação, que reuniu projetos e ações relacionados à Indústria 4.0, também chamada de 4ª Revolução Industrial, que engloba inovações em automação, controle e tecnologia da informação com aplicação em processos de manufatura. Entre as ações realizadas estiveram o Desafio de Robôs Indústria 4.0: Polo Marista + PUC-RS + Sebrae-RS, Campeonato de Inovação, com Nissan/Renault, Intercement e Grendene, e o Innovation Lab, com workshops sobre Inteligência Artificial, Big Data e Futurismo. Em parceria com o Senai, foi realizada a demonstração de tecnologias maduras da Indústria 4.0: manufatura digital, robótica colaborativa, sensoriamento/aquisição de dados e tecnologias de interação.

RODADAS DE NEGÓCIOS - A Rodada de Negócios movimentou cerca de 200 empresas vendedoras e 48 compradoras. Este modelo de negociação é um grande sucesso na história da feira, onde micro e pequenas empresas podem oferecer seus produtos e serviços a compradores de maior porte, por meio de contato direto que, no dia a dia, é uma tarefa que encontra muitas barreiras.

PALESTRAS - A Mercopar ofereceu ao público, diariamente, uma série de palestras gratuitas, sobre temas variados, especialmente sobre tecnologias, automação, robótica e Indústria 4.0. Também foi destaque a realização das visitas orientadas, permitindo maior interação entre visitantes e empresas.

Comente essa notícia