Notícias

Metal Mecânica

08/12/2017 - IPESI INFORMA

Volume de solicitações de registro de patentes aumenta no mundo, China é destaque



O volume de solicitações de patentes, de registro de marcas e de projetos industriais em todo o mundo bateu recorde em 2016, notando-se uma forte demanda da China, segundo dados da Organização Mundial de Propriedade Intelectual (Ompi), um órgão da ONU, a Organização das Nações Unidas.

Em 2016, foram 3,1 milhões de solicitações de patentes, o que representa um aumento de 8,3%, em uma série de sete anos consecutivos de crescimento de solicitações de patentes, segundo se depreende do informe anual sobre os indicadores mundiais de propriedade intelectual da Ompi.

Foi observado um marcante incremento de 16,4% nas solicitações de registro de marcas, que atingiu 7 milhões. O número de registro de projetos e modelos industriais em todo o mundo aumentou 10,4%, chegando a quase um milhão, impulsionado também pelo incremento verificado na China.

"Os números mais recentes, que manifestam no aumento da demanda de direitos de propriedade intelectual, confirmam uma tendência que já dura uma década, em que os avanços da China deixam cada vez mais sua marca nos números mundiais totais", afirma o diretor geral da Ompi, Francis Gurry (foto/divulgação). "Cada vez mais, a China figura entre os líderes em inovação e desenvolvimento de marcas em âmbito mundial", complementa.

PATENTES - O Escritório Estatal de Propriedade Intelectual da China é o que recebeu em 2016 o volume mais elevado de solicitações de patentes: 1,3 milhão. Na sequência aparecem o Escritório de Patentes e Marcas dos EUA (605.571), o Escritório Japonês de Patentes (318.381), o Escritório Sul-coreano de Propriedade Intelectual (208.830) e o Escritório Europeu de Patentes (159.358). Em volume per capita, as solicitações de patentes apresentadas pela China ficaram somente atrás da Alemanha, EUA, Japão e Coreia do Sul.

MARCAS -  Em 2016 foram apresentadas em todo o mundo cerca de 7 milhões de pedidos de registro de marcas - um aumento de 16,4 % em relação a 2015, marcando o sétimo ano consecutivo de crescimento.

O Escritório da China apresentou o maior volume de solicitações. Foram cerca de 3,7 milhões. Na sequência vieram EUA (545.587), Japão (451.320), Escritório de Propriedade Intelectual da União Europeia (369.970) e Índia (313.623).  Entre os cinco principais escritórios, observou-se forte crescimento na China (+30,8%), Japão (+30,8%) e Índia (+8,3%).  Outros escritórios, entre os 20 principais, que apresentaram crescimento sólido foram os da Federação Russa (+14,8%), Reino Unido (+19,1%) e Vietnã (+21,1%).

PROJETOS INDUSTRIAIS - A atividade mundial de apresentação de solicitações de registro de projetos e modelos industriais em 2016 aumentou 10,4%, alcançando uma cifra estimada de 963.100.

Em 2016, o Escritório da China recebeu solicitações que continham 650.344 projetos ou modelos, que corresponde a 52% do total mundial. Foi seguido pelo escritório de propriedade intelectual da União Europeia (104.522), escritório da Coreia da Sul (69.102), Alemanha (56.188) e Turquia (46.305).  Entre os 20 principais escritórios, o crescimento mais rápido no cômputo de projetos ou modelos foi verificado na República Islâmica do Irã (+34,8%), seguida de Ucrânia (+17,4%), China (+14,3%) e EUA (+12,1%).

Comente essa notícia