Notícias

Eletrônica e Informática

17/05/2018 - IPESI INFORMA

Cidades inteligentes e segurança são temas de debate na Exposec 2018

A disseminação de soluções compatíveis com a Internet das Coisas (IoT) nos espaços urbanos a tal ponto de haver uma intensiva intercomunicação tecnológica é o primeiro de muitos passos para tornar realidade as chamadas cidades inteligentes. Este tema será tratado na Exposec - Feira Internacional de Segurança, que ocorre de 22 a 24 de maio no São Paulo Expo, tanto na exposição dos lançamentos de marcas como Hikvision e Nice quanto no Cobrase - Congresso Brasileiro de Segurança.

"De acordo com pesquisa da Cetic.br divulgada no início de maio, apenas 18% das prefeituras brasileiras possuem planos para cidades inteligentes. Ainda assim, é uma tendência mundial da qual não podemos deixar de fazer parte. Enquanto nossos expositores mostrarão soluções tecnológicas, nossos palestrantes cobrirão outras áreas deste conceito", afirma Rimantas Sipas, diretor da Cipa Fiera Milano, promotora do evento.

Uma das descrições de uma cidade inteligente é quando substancial quantidade de dispositivos se comunicam, de smartphones a câmeras de segurança pública, via Internet com robusta capacidade de processamento, armazenamento e análise de dados. A segurança é apenas um dos vários serviços que podem se beneficiar deste sistema. Atentas à demanda atual, grandes marcas farão lançamentos voltados a este futuro na Exposec.

A Hikvision do Brasil, que apresentará diversas soluções voltadas a cidades inteligentes, a exemplo de equipamentos para videomonitoramento com tecnologia "deep mind", que faz a análise dos indivíduos após a própria câmera fazer o reconhecimento facial, além de outras funções que utilizam a inteligência do equipamento. De acordo com Osvaldo Nogueira, coordenador técnico da marca, vários outros tipos de câmeras serão apresentadas, como multissensores e grande angulares, que podem captar áreas extensas em diferentes tipos de cenário.

"Teremos também uma solução voltada para o tráfego, chamado de ITS. Esse sistema consegue diferenciar tipos de carro, reconhecer placas, visualizar se o condutor está utilizando cinto ou falando ao celular, além de diferenciar detalhes no veículo, como um adesivo". A empresa provê um leque completo de soluções, incluindo o switch que faz a comunicação, storages para armazenamento e videowall.

Já a Nice, detentora das marcas Genno, Peccinin e Linear-HCS, apresentará suas novidades dentro do conceito MyNice de conectividade entre todos os produtos do segmento de segurança da empresa. Como o exclusivo leitor RFID LN-104N anticlonagem e o leitor QR Code L350R, que oferece para os moradores de condomínios a possibilidade de enviar um código de acesso para seus visitantes serem autorizados na portaria. Conforme Davi Gireli, gerente de vendas da empresa, o diferencial do equipamento é a possibilidade de estabelecer em um único arquivo o horário de entrada e saída de cada visita específica.

No estande, o aplicativo MyNice Welcome oferecerá ao usuário final uma simulação do que pode fazer, como abrir/fechar portões e acionar fechaduras, lâmpadas e outros objetos via Internet com uso de GPS ou comando de voz. Os visitantes também poderão conferir o MyNice World, um sistema de alarme e casa inteligente sem fio que monitora sensores e câmeras integrados e cria ambientes diversos por meio da automação de luzes, cortinas elétricas e outros equipamentos residenciais, contando, ainda, com detectores de fumaça e de alagamento.

A empresa também disponibilizará óculos de realidade virtual para que os instaladores e técnicos possam imergir nestas novas possibilidades. Eles poderão simular configuração de equipamentos, consulta de peças de reposição e orçamentos, entre outros serviços oferecidos por um aplicativo desenvolvido especificamente para suporte. A Nice participará da Exposec com altas expectativas no momento em que deve inaugurar no segundo semestre de 2019 uma sede sustentável de R$ 35 milhões em Limeira (SP), que possibilitará a expansão das linhas de produtos e a produção local de itens vendidos no mercado europeu.

COBRASE - O último dia do Cobrase - Congresso Brasileiro de Segurança, 24 de maio, será totalmente dedicado ao tema "Segurança em cidades inteligentes e a revolução da Internet das Coisas". O dia começa com o especialista Diógenes Lucca abordando o tema "Segurança Pública - O Papel da Imprensa". O profissional, mestre em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, destacou-se na área por nunca ter perdido um refém durante um resgate e por ter sido o negociador no caso Sílvio Santos.

Logo em seguida, o tema será "Planejamento Estratégico da Segurança de Acordo com o Conceito de Cidades Inteligentes", finalizando com "Internet das Coisas e Soluções Integradas para a Segurança de Edifícios Inteligentes", ministrada por José Vidal, diretor executivo do ITS - Instituto de Tecnologia de Software e Serviços. As inscrições podem ser realizadas pelo site www.cobrase.com.br.

SERVIÇO:
Exposec - Feira Internacional de Segurança
Data: 22 a 24 de maio de 2018
Horário: 13h às 20h
Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center
Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, São Paulo (SP)

Comente essa notícia