Notícias

Eletrônica e Informática

10/08/2018 - IPESI INFORMA

Empresas do segmento de SMT se unem para criar protocolos de comunicação

Os fabricantes de equipamentos para SMT estão criando protocolos para permitir a comunicação máquina a máquina nas linhas SMT. O subcomitê para a standardização das regras de comunicação para equipamentos SMT (ELS) da Japan Robot Association, da qual a Fuji Corporation faz parte, anunciou avanço nessa área. O protocolo Jaras 1014 foi introduzido no mercado SMT no início do mês de junho.

É comum encontrar linhas de montagem SMT com equipamentos de vários fabricantes, e toma tempo e dinheiro para gerenciar de forma consistente as informações de toda a linha. Conscientes dessa situação, 20 companhias se uniram para criar o protocolo de comunicação.

O protocolo Jaras 1014 foi criado para o mercado SMT, por meio da expansão do protocolo de comunicação Semi A1 HC, estabelecido pela SEMI. Este protocolo torna possível aos usuários criar livremente um sistema de produção, gerenciar a informação de forma consistente e rapidamente dar suporte à variação do mix e volume de produção.

As companhias que fazem parte do ELS são, em ordem alfabética, CKD Corporation, Fuji Corporation (anteriormente Fuji Machine Manufacturing Co., Ltd.), Juki Corporation, Koh Young Technology Inc., Komatsu Electronics Co., Ltd., Marantz Electronics Ltd., Mirtec Japan Co., Ltd., Musashi Engineering Inc., Mycronic Corporation, Nagaoka Seisakusho Corp., Nagoya Electric Works Co., Ltd., Omron Corporation, Panasonic Corporation, Parmi Corp., Saki Corporation, Senju Metal Industry Co., Ltd., Tamura Corporation, Test Research, Inc., Yamaha Motor Co., Ltd., e YS Co., Ltd.

Comente essa notícia