Notícias

Eletrônica e Informática

21/09/2018 - IPESI INFORMA

Estudante cria app que ajuda deficientes visuais a ler textos impressos

O estudante Jonathan da Silva Santos, mestrando em Engenharia Elétrica e da Computação pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, lançou um aplicativo denominado EyeFy para ajudar deficientes visuais a lerem textos impressos. O aplicativo está disponível no Google Play Store para aparelhos com o sistema operacional Android 7.0 ou superior. O app possui boa precisão em identificar textos e funciona completamente sem conexão à Internet.

Santos relata que a principal motivação para a criação do aplicativo foi o início das vendas de um equipamento no Brasil que se propõe a atender deficientes visuais. Trata-se de uma câmera acoplada aos óculos que faz a leitura de textos em voz alta. "O problema deste dispositivo é o seu preço: R$ 19.900. Fiquei muito frustrado com o valor. Então, compartilhando essa frustração com Nizam Omar, professor da disciplina de Inteligência Artificial do programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e da Computação do Mackenzie, fui encorajado a desenvolver o aplicativo", relata o estudante.

COMO FUNCIONA - O usuário precisa apontar o smartphone com o aplicativo aberto para o texto impresso, depois segurar o dedo na tela por um instante ao retirar o dedo, a partir daí o software lerá o texto reconhecido.

Jonathan lamenta as poucas iniciativas para pessoas com necessidades especiais. O estudante argumenta que vivemos um momento muito fecundo em relação à tecnologia. "A minha maior preocupação é que esses avanços tecnológicos devam ser ferramentas para diminuir as fronteiras sociais, em vez de ampliar as exclusões. Sou otimista com o futuro, espero que novas iniciativas de promoção à acessibilidade ou à assistividade tenham impactos positivos na vida de pessoas com necessidades especiais. E espero também poder trabalhar em novos projetos nessa direção", afirma.

Comente essa notícia