Notícias

Metal Mecânica

07/11/2018 - IPESI INFORMA

Rayflex fornece portas rápidas automáticas para a B.Grob

A B. Grob do Brasil, fabricante de máquinas-ferramenta, enfrentava problemas com as portas e portões do parque fabril de São Bernardo do Campo (SP), que apresentavam defeitos constantes e dificuldades de fechamento, comprometendo a eficiência e segurança do conjunto de fábricas. A empresa buscou as soluções e a tecnologia da Rayflex, que atua no segmento de portas rápidas automáticas.

"A Rayflex desenvolveu um projeto sob medida para atender as necessidades do cliente, visto que as portas e portões utilizados nas fábricas necessitavam de constantes manutenções, tornando o local extremamente vulnerável e reduzindo a eficiência da empresa", explica Giordânia R. Tavares, diretora executiva da Rayflex. "A solução encontrada pela Rayflex foi a substituição de diversas portas pelos modelos Vectorflex e RP, que, por serem portas rápidas e automáticas, supriam a demanda de vedação, baixa manutenção e segurança dos usuários" afirma.

As portas foram instaladas nas entradas da fábrica, usinagem, área de testes, têmpera e preparação de matéria-prima. Além disso, também foram instaladas portas em um elevador de carga, o que resolveu constantes paralisações e prejuízos à companhia.

O modelo Vectorflex, porta rápida em lona de PVC, foi instalado nos locais externos do conjunto de fábricas, pois, além de oferecer vedação total do ambiente, também possui grande capacidade de resistência ao vento e intempéries climáticas. Sem limite de quantidade de abertura e fechamento, garante mais segurança aos funcionários, com sensores que detectam a presença de pessoas e objetos embaixo da porta, sendo totalmente segura para colaboradores e materiais da empresa. Já o modelo RP, também em lona de PVC, auxilia no conforto térmico do ambiente, proporcionando ao cliente economia no uso do ar condicionado. A porta é totalmente automática, não possui barras metálicas e não necessita de manutenção em caso de colisões, devido ao seu funcionamento autorreparável.

Comente essa notícia