Eletrônica e Informática

Benefícios do uso da energia solar fotovoltaica vão muito além da redução na conta de luz

A energia solar é a fonte de maior abundância disponível para geração de energia elétrica no Brasil. Iniciativas empresariais que estão valorizando a preservação do meio ambiente entregam números surpreendentes na redução de poluentes.

Desde 2012, quando moradores e empresários tiveram autorização para produzir sua própria energia elétrica, o impacto foi muito além dos bolsos dos brasileiros que sentiram a redução de 95% no valor mensal da conta de energia.

A quantidade de poluentes que foram evitados de serem produzidos e eliminados no meio ambiente é – ainda bem – equivalente a vários campos de futebol, toneladas de carvão e milhares de carros movidos sem emissão de gás na atmosfera.
Confira 3 projetos de energia solar de iniciativas brasileiras e os números que eles representam.

Mesmo com uma iniciativa de pequena escala, o resultado na preservação ambiental usando energia solar é muito relevante.
Representando uma economia de mais de R$ 3 mil na conta de energia elétrica, o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM) inaugurou recentemente o seu projeto piloto de instalação de placas fotovoltaicas.
O impacto, claro, vai muito além do saldo da conta de energia.

Só com 15 placas instaladas para converter os raios solares em eletricidade, o hospital vai produzir energia limpa por 30 anos equivalente a queima de 65 toneladas de carvão (termelétricas) ou, se preferir, 500 mil km rodados num carro movido a gasolina.

Outra grande empresa que apresentou iniciativas voltadas para a sustentabilidade é a Claro Brasil. A previsão era diminuir a emissão de mais de 100 mil toneladas métricas de gás carbônico, o que equivale à remoção de mais de 400 mil carros das ruas.
O programa energia da empresa tem o objetivo de cobrir 80% do que a companhia utiliza em suas operações em todo o Brasil, mais de 600.000 MWh/ano.

O complexo ocupa uma área de 45 hectares e irá gerar energia equivalente ao consumo de uma cidade de 250 mil habitantes.
Em 2018, estava prevista a inauguração de mais 20 parques solares, quatro parques eólicos, seis usinas de Biogás e três de cogeração qualificada.

A Algar Tech, multinacional brasileira, tem dois projetos de eficiência energética com módulos fotovoltaicos. A luz solar é captada por meio de 1.224 painéis fotovoltaicos de 245Wp de potência instalados no telhado do prédio principal da empresa em Uberlândia (MG).

Ocupam 3.300 m², sendo capaz de gerar 450 MWh por ano, o equivalente ao consumo anual de, pelo menos, 200 casas populares.

Outro projeto está instalado em Campinas, com 650 placas fotovoltaicas que anualmente reduz em 547 toneladas de emissão de gases de efeito estufa.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados