Serviços

Despoluição dos rios será discutida na Fiesp

Na Grande São Paulo, 45% dos esgotos gerados ainda não são tratados, sendo a principal causa de degradação dos rios e de ameaça aos mananciais. No estado, o percentual chega a 50%.

Para debater com quem trata, planeja, regula e controla esgotos no Brasil, bem como refletir como e o que fazer para mudar esta situação, a Fiesp realizará o seminário A Despoluição dos Rios, nos dias 8 e 9 de outubro. Representantes dos três níveis de governo: federal, estadual e municipal, e de organizações da sociedade civil apresentarão os questionamentos, as propostas e soluções para o problema durante o debate.

Entre os temas que serão abordados, a necessidade urgente da melhoria da qualidade dos rios, a importância desde o planejamento de médio e longo prazo, a demanda por investimentos, a integração das políticas públicas nos seus diferentes níveis de atuação, bem como um olhar sobre o passado para que erros não sejam repetidos.
O Seminário A Despoluição dos Rios é aberto ao público que pode participar gratuitamente, mediante inscrição no site da Fiesp www.fiesp.com.br/agenda/seminario-a-despoluicao-dos-rios/. No site, é possível conhecer a programação completa do evento.

SERVIÇO:

Seminário: A Despoluição dos Rios
8 e 9 de outubro, das 8h30 às 18h
Local: Prédio da Fiesp. Avenida Paulista 1313 – 15º andar – Espaço Nobre – São Paulo (SP)

Mostrar mais

Artigos relacionados