Eletrônica e Informática

IoT Latin America traz novidades na área de segurança pessoal e pública

A IoT Latin America, feira internacional da Internet das Coisas, mostrará, entre os dias 29 e 30 de agosto, no Transamerica Expo Center, como cada vez mais a IoT (Interne of Things – Internet das Coisas) está presente no nosso dia a dia e em praticamente todos os tipos de negócios e empresas. O tema “segurança” será o que terá o maior espaço na feira, tanto a segurança dos dados quanto a segurança do cidadão, além da pública e patrimonial. Confira a programação gratuita da feira e faça seu credenciamento: http://iotlatinamerica.com.br/multipalco-das-inovacoes-iot/ 

Segundo Gabriel Salvate, engenheiro de produção com mais de dez anos de atuação em IoT e gerente de vendas para a América Latina da Telit (líder global em IoT e uma das expositoras da feira), o mercado de Internet das Coisas já é uma realidade, e o avanço da tecnologia como um todo permite que sejam criados diversos produtos, gerando vantagens para o usuário e para a sociedade, inclusive na área da segurança. “A Internet das Coisas permite uma tomada de decisão em tempo real e a visualização com analytics – no caso da segurança, podemos visualizar as áreas que são mais perigosas e atuar de forma mais efetiva. A IoT permite não só o gerenciamento do dispositivo em tempo real com analytics, mas uma atuação em tempo real, tornando a tecnologia algo primordial para o mercado de segurança como um todo”.

Alguns sistemas de alarmes e monitoramento já são conectados e permitem monitoramento pelo celular. Segundo Salvate, algumas tecnologias já são viáveis e estão no mercado. “Vamos usar o exemplo dos alarmes conectados. Antigamente, o alarme conectado não tinha valor para o usuário, porque você saía de casa, ativava o alarme e ponto final. Mas, a partir do momento em que você começa a ter a interação através do celular e consegue visualizar as câmeras, ativar ou desativar o alarme e ver, em tempo real, quem toca a campainha, isso tudo gera valor, e nesse momento começa a ser interessante ter uma aplicação de IoT. O mesmo acontece com os rastreadores veiculares. Nós sabemos que há um índice muito alto de roubo de carga e de veículos e poder ter uma atuação em tempo real, imediata e assertiva faz com que o rastreador seja um item obrigatório para as seguradoras”, analisa o especialista.

A Telit terá diversas novidades na feira, algumas delas com várias aplicações, e a segurança pública é uma delas. Os produtos podem ser “linkados” a sistemas, como por exemplo, a iluminação. “Uma das grandes dificuldades que se teve até hoje era justamente na parte de iluminação pública, sobre como montar uma rede e como controlar esta rede. E o CAT M1 e o IoT Narrow Band (NB-IoT) permitem usar a rede de maneira mais inteligente e com baixo custo”, conclui Salvate ao detalhar dois dos produtos da Telit.

E as tecnologias IoT, que ajudam na produtividade das empresas, também garantem o monitoramento a distância de tudo que acontece também no campo, como informa Ricardo Adullis, diretor da SmartCore – fornecedora de chips e módulos para comunicação wireless, biometria, conectividade, rastreamento e automação. “O produtor de grande porte busca otimizar resultado e controlar remotamente para ver o que ocorre na fazenda, pois muitas ele nem visita”, analisa.

FEIRA – A IoT (Internet of Things ou Internet das Coisas) promete ser a resposta para executar tarefas do cotidiano de maneira mais fácil e em menor tempo. O conceito IoT diz respeito a toda infraestrutura tecnológica conectada à internet. A IoT já é considerada a mais promissora plataforma de tecnologia do mundo e deve movimentar US$ 19 trilhões até a próxima década, segundo previsões da Cisco, líder mundial em TI e redes. Deste montante, a América Latina será responsável por US$ 860 bilhões, sendo o Brasil o detentor de US$ 352 bi.

De acordo com Giulio Rossi, CEO da BMComm, a edição 2018 da feira da internet das coisas já se consagra como um dos mais importantes eventos do setor no mundo, por reunir grandes empresas, que representam mercados em franco crescimento, e por reunir os maiores especialistas na área. “Não só traremos produtos para mostrar, mas teremos muito conteúdo no Multipalco de Verticais e no Congresso, e não temos dúvida de que tudo isso resultará em muitos negócios e colocará o Brasil no centro das discussões sobre o assunto durante a realização da feira. A IoT Latin America já é uma referência para o setor e este ano teremos muito para mostrar, debater e também comemorar os bons negócios”, frisa.

Além da exposição, a IoT Latin America apresentará ainda discussões sobre casos abrangendo todo o ecossistema de Internet das Coisas em diversas verticais. Confira as presenças no Palco Verticais:

– O professor doutor em Engenharia Elétrica e Eletrônica, José Carlos de Souza Júnior, do Instituto Mauá de Tecnologia, fala sobre Smart Campus;

– O case da prefeitura de Barueri, será o tema da vertical Smart City;

– O pesquisador Yan Lopes, vai conduzir a vertical Transporte e Logística, com o tema “Impacto da IoT na Gestão Estratégica da Logística”;

– Alessandro Thomaz Jorge, da empresa Oliver Wyman, vai debater o tema “O impacto de IoT no setor do Varejo”;

– O professor de Tecnologia em Defesa Cibernética da Faculdade de Informática e Administração Paulista, Rafael da Silva, conduz a discussão “Home Security: Warning! Youcanbe in the BBB”;

– O professor doutor em Engenharia Biomédica, Wagner Sanchez, vai conduzir a vertical Saúde com o polêmico tema “Biohacking – Uma inevitável disrupção”;

– O desenvolvedor de conteúdo da Udacity, Luís Leão vai participar da vertical com o tema “AndroidThings – O que você precisa saber para criar um dispositivo conectado utilizando a plataforma Android”.

CONGRESSO – A feira terá, simultaneamente, a realização do 3° Congresso Brasileiro e Latino-Americano de Internet das Coisas (IoT). Realizado pelo Fórum Brasileiro de IoT, o Congresso terá painéis que englobarão tendências, inovações e desafios da IoT em modelos de negócios, políticas, desenvolvimento e pesquisa, aplicações e padrões, entre outros aspectos. Os seminários reunirão especialistas e pesquisadores nacionais e internacionais em debates que visam fomentar o desenvolvimento da IoTna América Latina.

Mais informações sobre a programação: telefone (11) 3040-3034 e no site http://iotbrasil.org.br/congresso/index.php

SERVIÇO:
Quando: dias 29 e 30 de agosto
Horário: das 12h às 20h
Onde: Auditório I
Realização: BMComm Real Alliance e Fórum Brasileiro de IoT
Mais informações em: www.iotlatinamerica.com.br

Fonte: Ipesi

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *