Metal Mecânica

Tupy reporta crescimento de 21% na receita no primeiro trimestre

A Tupy começou 2019 com bons resultados: a receita do primeiro trimestre foi de R$1.281,5 milhões, um crescimento de 21% em relação ao primeiro trimestre de 2018, e o lucro de R$80,4 milhões representou um crescimento de 41,4% na comparação com o mesmo período do ano passado, com margem líquida de 6,3%. Os resultados refletem crescimento expressivo das vendas de produtos com alto valor agregado (usinados e CGI-ferro fundido vermicular), que representaram 23% e 20% do volume, respectivamente (vs 20% e 14% no ano anterior).

O aumento da receita se deu tanto no mercado interno quanto no externo. No primeiro, houve aumento de 28,2%, decorrente do crescimento da receita nas aplicações para veículos comerciais, off-road e no segmento de hidráulica, as quais apresentaram aumentos de 53,9%, 17,2% e 9,2%, respectivamente. No segundo, a receita líquida apresentou um aumento de 19,5%, proveniente do crescimento em todos os segmentos de Transporte, Infraestrutura & Agricultura.

Em relação à distribuição da geração de receita pelo mundo, a América do Norte representou 63% da receita da companhia no primeiro trimestre de 2019. Américas do Sul e América Central representaram 18,9% e a Europa, 12,4%. Os demais 5,7% são provenientes da Ásia, África e Oceania.

Outro ponto positivo do 1T19 foi a melhora significativa do capital de giro, que foi de 45 dias, 11 a menos que o mesmo período do mesmo trimestre do ano anterior (1T18). Houve três fatores para isso: aumento de R$123,4 milhões na linha de contas a receber, com redução de cinco dias de vendas; elevação dos estoques no montante de R$86,2 milhões, com redução de quatro dias (em relação ao custo dos produtos vendidos); e incremento de R$173,3 milhões na linha de contas a pagar, resultando em aumento de dois dias.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados