Eletrônica e Informática

Vendas de geradores da Cummins Power Systems crescem 67% no primeiro semestre

A Cummins Power Systems, divisão de Energia da Cummins Brasil, assume a liderança no mercado de geradores com recorde de venda no primeiro semestre de 2018, com aumento de 67% do volume (cerca de 1.400 equipamentos comercializados) para os mais variados segmentos e de 70% da receita, em relação ao ano passado. De cada 10 geradores vendidos no Brasil, quatro são Cummins.

A empresa calcula que o volume de vendas em 2018 deve chegar a 70% para o mercado local e 30% para exportação, principalmente para a região do Mercosul, América Central e Equador. O total de receita deve atingir 65% no Brasil e 35% no exterior.

“Em março deste ano, iniciamos o segundo turno de produção na fábrica brasileira e seguimos muito otimistas com 2018. O mercado tem reconhecido nossa marca, a qualidade dos nossos produtos, canais de serviços e distribuição, o que também reforça os bons resultados neste ano”, afirma José Samperio, diretor de divisão de Energia da Cummins para a América Latina.

DISTRIBUIÇÃO – O executivo ressalta que uma das vantagens competitivas da Cummins é a rede de distribuidores, atualmente formada por sete distribuidores próprios e 37 pontos de atendimento cobrindo todos os estados brasileiros. “O serviço de pós-venda é executado por técnicos especializados e capacitados na Universidade Cummins. Por isso, conseguimos oferecer maiores prazos de garantia devido à qualidade investida no desenvolvimento e na produção de nossos geradores, fabricados em conformidade com as principais normas técnicas”, explica Sampério.

Os negócios da Cummins Power Systems também têm evoluído com os investimentos em novas soluções para monitoramento remoto dos geradores. Por meio de tecnologia exclusiva da marca, clientes, distribuidores e técnicos da empresa conseguem ver simultaneamente e em tempo real o que está acontecendo com o gerador. “A Cummins oferece aos seus clientes um modelo único de gestão de serviços, em que além de contratos de manutenção preventiva, provemos monitoramento remoto 24 horas”, explica Caetano Souza, gerente executivo de Vendas.

Com interface fácil de usar, o serviço de monitoramento remoto permite tomada de decisões assertivas imediatamente, minimizando, assim, o tempo de inatividade e maximizando o desempenho do sistema de energia.

Dependendo da modalidade de contrato de manutenção preventiva, a Cummins e a rede de distribuição se encarregam de fazer o monitoramento e o contato com o usuário diante de um evento. Se o defeito não for solucionado por telefone, o distribuidor que atende a região é acionado para resolver o problema.

Fonte: Ipesi

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *