Metal Mecânica

Volume de pedidos de máquinas-ferramenta cai mais de 12% no primeiro semestre no mercado dos EUA

Os pedidos de tecnologia da manufatura no mercado dos Estados Unidos caíram 7,7% no mês de junho na comparação com maio, para US$ 357,8 milhões, segundo o relatório publicado pela AMT – The Association For Manufacturing Technology, que representa o setor naquele país. As tecnologias relacionadas à usinagem sofreram uma queda modesta de 2,1% – a maior parte da queda foi puxada pelas tecnologias de conformação e fabricação.

Os pedidos no acumulado do primeiro semestre de 2019 totalizaram US$ 2.249 milhões, o que reflete uma queda de 12,8% na comparação com os US$ 2.580 milhões obtidos no mesmo período de 2018.

“O mercado de tecnologia da manufatura está sob pressão dos problemas comerciais e a desaceleração da manufatura global, que aumenta a competição no mercado norte-americano”, afirma Doug Woods, presidente da AMT. “Nossos membros estão ajustando seus modelos de negócios para enfrentar esses desafios, e os analistas preveem queda no nível de pedidos em 2019”, complementa.

Depois de mais que dobrar os pedidos de abril para maio, o setor de fabricação de implementos agrícolas cortou drasticamente os pedidos em junho, uma possível repercussão dos impactos da guerra comercial sobre os agricultores. Os pedidos do governo e do setor de defesa foram de menos de um décimo dos níveis de maio. O setor automotivo reduziu seus pedidos em mais de um terço e o setor aeroespacial reduziu suas encomendas em pouco mais de um décimo em relação ao mês de maio.

Embora a maioria das indústrias tenha reduzido os pedidos em junho, há várias áreas que apresentaram crescimento notável. As áreas de manufatura de equipamentos médicos e de eletrodomésticos aumentaram seus pedidos em quase 40%. Empresas que prestam serviços aumentaram seus pedidos em modesto único dígito, marcado o segundo mês consecutivo de crescimento.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados