Eletrônica e Informática

Brasol inaugura sala de monitoramento 24/7 para gestão de ativos em tempo real

A Brasol, empresa investida da Siemens e BlackRock, atuante no mercado de transição energética com projetos de geração de energia limpa, inaugurou em sua sede, em São Paulo (SP), o Network Operation Center (NOC). De lá, 65 empreendimentos da Brasol espalhados pelo Brasil são monitorados em tempo real, 24/7.

 

“Para garantir a plena operação das usinas, precisamos estar atentos a tudo o que acontece, desde o monitoramento em tempo real para ativos de geração até a vigilância constante e envio de parceiros locais quando ações corretivas são necessárias”, afirma Ty Eldridge, CEO da Brasol. “O monitoramento visual permite atuar com agilidade e precisão no caso de qualquer intercorrência ou incidente”, detalha.

 

A sala de monitoramento, que ocupa uma área de 55 metros quadrados, abriga um vídeo wall profissional composto por 21 painéis de alta resolução, totalizando uma dimensão de 1,73m de altura por 7,14m de largura. As imagens capturadas pelas 300 câmeras instaladas nas usinas são exibidas em tempo real, permitindo uma vigilância contínua 24 horas por dia, 7 dias por semana. O time dedicado a monitorar as telas é formado por cinco mulheres e um homem. “A diversidade de gênero na empresa não só enriquece nossas equipes, mas também impulsiona a inovação e oferece perspectivas diversas para enfrentar os desafios do mercado”, enfatiza Marcela Pereira, coordenadora de RH da Brasol.

 

Allan Mesquita, gerente responsável pela sala de monitoramento, ressalta a importância da gestão visual dos ativos para assegurar a excelência operacional, incluindo produção, disponibilidade e estabilidade de energia, além do controle de acesso e vigilância ambiental. Em caso de qualquer anormalidade, a equipe age com agilidade e assertividade, seja de forma remota ou em campo, para mitigar os riscos.

 

A Brasol já oferecia este serviço a seus clientes, mas com o crescimento da empresa, a sala de monitoramento foi adaptada e ampliada. Além do time próprio, outros diferenciais do NOC são a dimensão do vídeo wall Samsung, que oferece qualidade e estabilidade da imagem de qualquer ponto da sala, e a possibilidade de integrar outras aplicações, como a chamada tela mista, quando é possível ver na mesma tela, imagens de monitoramento e controles de desempenho e indicadores das usinas. “Com essas funcionalidades, temos velocidade na visualização e ganhamos escalabilidade”, explica Mesquita. (foto/divulgação)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo