Metal Mecânica

Comau busca automatizar produção de células a combustível e eletrolisadores

A Comau está trabalhando com diversos clientes em diferentes partes do mundo para automatizar a produção de células a combustível e eletrolisadores. Com amplo know-how técnico e expertise em eletrificação e energias renováveis, a companhia contribui  para a criação de energia confiável e zero emissão de poluentes. Isso é possível com o desenvolvimento de um portfólio de soluções próprias para automatizar as principais etapas do processo, como a preparação, empilhamento, teste de vazamento, entre outras.

Na China, por exemplo, a Comau está colaborando com a Shanghai  Hydrogen  Propulsion Technology (SHPT), uma empresa líder em células a combustível de hidrogênio de Xangai, para fornecer uma linha avançada de produção em série. Do mesmo modo, em outros projetos, a empresa está buscando oportunidades de criar, produzir e comercializar soluções de hidrogênio para veículos leves e pesados, trabalhando em um projeto piloto de fabricação de eletrolisadores na Europa e em oportunidades na Oceania.

Todos esses projetos visam industrializar ambientes de fabricação, em grande parte manual. Isso permitirá elevar os volumes de produção e aumentar a qualidade dos processos de alta precisão. A automatização também pode reduzir custos em até 20%, de acordo com estimativas internas, parte pelo aumento da precisão e também pela redução dos encargos relacionados às medidas de segurança em ambientes controlados.

Observando o projeto de hidrogênio na China, a SHPT é uma holding subsidiária da Saic Motor, cujos produtos de células a combustível de hidrogênio são amplamente utilizados em veículos de passageiros, ônibus, caminhões leves, médios e pesados, empilhadeiras, reboques e muitas outras aplicações. As tecnologias das células a combustível de hidrogênio e dos eletrolisadores também podem ser estendidas à geração e cogeração de energia distribuída, para navios, aviação e outros setores não relacionados ao segmento Automotivo.

A colaboração da Comau com a SHPT para a linha de produção de células a combustível representa o primeiro projeto da empresa no campo de energia à base de hidrogênio. Como parte desse projeto, a Comau vai desenvolver e implementar tecnologia proprietária de alta precisão e alta velocidade para executar, simultaneamente, uma série de operações de empilhamento de peças. Com a entrega programada para o fim de 2022, esta solução tecnológica de ponta gerencia a coleta, leitura de códigos, posicionamento e carregamento, em apenas 4 segundos. Dessa forma, a Comau ajudará a SHPT a alcançar diversos objetivos de produção, incluindo o aumento da capacidade de produção anual, por meio de estações totalmente automatizadas.

De acordo com as estimativas internas, que têm base em dados fornecidos pela IEA e IHS, a Comau prevê que o uso de hidrogênio irá dobrar na próxima década, impulsionado em grande parte por novas vertentes, como a mobilidade e armazenamento de energia. A geração de Hidrogênio Verde também aumentará a demanda de eletrolisadores, dos 120 MW estimados, instalados em 2020, para mais de 20 GW previstos para 2030. Em termos de células a combustível, a Comau avalia que o mercado irá crescer exponencialmente, de alguns milhares de unidades implantadas em 2020 a 1,2 milhão de unidades em torno de 2030, o equivalente a mais de 100 GW de energia de hidrogênio.

“A Comau tem forte reputação e expertise na indústria de veículos de nova energia e é conhecida como fornecedora de soluções completas de automação e eletrificação,” declara o diretor de Engenharia de Manufatura da SHPT. “Esperamos que a colaboração neste projeto torne nosso processo de produção mais flexível e eficiente, e garanta ainda que nossas células a combustível continuem sendo de excelente qualidade.”

“Em parceria com empresas líderes da indústria de células a combustível de hidrogênio, como a SHPT, estamos fornecendo tanto o desenvolvimento de serviços de manufatura quanto soluções inovadoras que ajudam na obtenção de maior vantagem competitiva para o cliente,” acrescenta Nicole Clement, diretora de Marketing da Comau. “Estas colaborações também confirmam o investimento contínuo da Comau e sua expansão na área da eletrificação, contribuindo assim para a criação de uma mobilidade mais sustentável no futuro.”

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo