Eletrônica e Informática

Mulheres na liderança impulsionam crescimento de empresas na AL

A diversidade de gênero em cargos de liderança melhora o desempenho e o lucro das empresas na América Latina. É o que constatou um estudo da consultoria McKinsey, que analisou 700 empresas de capital aberto no Brasil, Argentina, Chile, Peru, Colômbia e Panamá. O levantamento mostrou que companhias com mulheres no comando têm 50% mais probabilidade de aumentar os lucros.

Outro estudo, da Organização Internacional do Trabalho (OIT) – chamado “Mulheres na gestão empresarial: argumentos para uma mudança” – feito junto a 13 mil empresas de 70 países – constatou que, para mais de 75% das companhias, a diversidade de gênero contribui para melhorar o rendimento dos negócios.

A pesquisa aponta ainda que quase três entre quatro empresas que promovem a diversidade de gênero em cargos de direção dizem ter obtido aumento de 5% a 20% nos lucros.

Em relação ao Brasil, segundo a OIT, de 451 empresas entrevistadas, mais de 71% afirmam que as iniciativas de diversidade e igualdade de gênero aumentaram seus resultados financeiros. Para 29% destas empresas, o lucro cresceu entre 10% e 15%,
com ganhos de 5% a 10% maiores para 26% delas.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo