Eletrônica e Informática

NTT desenvolve circuito de processamento de sinal digital e dispositivo óptico que atinge velocidade recorde

A NTT Corporation, sediada no Japão, anunciou que desenvolveu um circuito de processamento de sinal digital coerente e um dispositivo óptico que atinge a maior capacidade mundial de 1,2 Tbit/s por comprimento de onda para transmissão óptica, que é 1,5 vezes mais rápida do que antes. Com este desenvolvimento, a empresa enfrenta o desafio de alcançar uma tecnologia avançada de transmissão óptica que pode expandir econômica e significativamente a capacidade dos sistemas existentes, reduzindo ao mesmo tempo o consumo de energia dos dispositivos de comunicação.

A tecnologia também atingiu a maior velocidade de modulação de sinal ótico do mundo, de 140 Giga baud e permite o dobro da distância de transmissão ótica recorde mundial anterior de 800 Gbit/s. Como resultado, a capacidade dos sistemas de transmissão ótica aumentará 12 vezes e o consumo de energia por bit será reduzido a 10% do sistema comercial amplamente utilizado. As melhorias no desempenho e no consumo de energia dos sistemas de transmissão ótica devem contribuir para o conceito do Fundamento da Rede Totalmente Fotônica (All-Photonics Network Foundational) para o conceito IOWN.

O circuito de processamento de sinal digital coerente combina modulação codificada de ponta com desempenho de transmissão que se aproxima do limite teórico e correção de erros de avanço recentemente desenvolvida que pode corrigir erros de bit em grandes quantidades de dados com baixo consumo de energia. Isto resulta em uma modulação codificada flexível que maximiza o potencial dos dispositivos ópticos de alta velocidade. Além disso, ao utilizar um algoritmo de eficiência energética para equalizar a distorção do sinal no canal de transmissão de fibra óptica e os processos CMOS avançados, se consegue um processamento de sinal digital de 1,2 Tbit/s por comprimento de onda com baixo consumo de energia.

O transceptor consiste de um circuito de processamento de sinal digital coerente de última geração e um dispositivo óptico de classe 140 Giga baud com a maior largura de banda de resposta opto-elétrica do mundo. Na abordagem da companhia, ao aumentar a velocidade de modulação de 100 Giga baud para 140 Giga baud, poderia ser alcançada uma maior resistência à distorção da forma de onda e ao ruído de amplificação óptica causado pela transmissão. Como resultado, a distância de transmissão recorde anterior de 800 Gbit/s pode ser aumentada em mais do dobro da dos dispositivos de 100 Giga baud.

Para o desenvolvimento da IOWN, a NTT visa criar uma rede inovadora com alta capacidade, baixa latência, flexibilidade e baixo consumo de energia, continuando a expandir e desenvolver a tecnologia fotônica de ponta a ponta.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo