Eletrônica e Informática

Produtividade de planta da Electrolux no Brasil aumenta 68% com a aplicação de robôs colaborativos

Com o investimento e um robusto programa de modernização de suas plantas no Brasil, o Electrolux Group buscou a ABB para resolver o desafio de automatizar o processo de detecção de vazamento de gás na linha de refrigeradores.

 

Presente em mais de 120 países, o Electrolux Group comercializa mais de 60 milhões de produtos por ano e é líder global na venda de eletrodomésticos ao redor do mundo. Iniciou suas operações no Brasil em 1926 e atualmente conta com quatro plantas fabris no Brasil, sendo duas em Curitiba (PR), onde está desde 1996.

 

Em 2018, a empresa vinha enfrentando desafios em sua fábrica para automatizar processos repetitivos, porém de extrema importância para a qualidade final dos produtos.

 

Em parceria, as empresas desenvolveram uma solução que conseguiu automatizar 100% da tarefa de detecção de vazamento de gás na linha de refrigeradores. Com a instalação do robô colaborativo YuMi, foi possível substituir a verificação manual, melhorando tanto a precisão da detecção, quanto a ergonomia e segurança dos colaboradores. Dessa forma, os operadores passaram a executar outras funções em ambientes mais seguros e com maior valor agregado.

 

“O modelo YuMi provou ser a melhor solução para a aplicação que vínhamos buscando automatizar nesta linha de refrigeradores. Ele trouxe mais segurança aos nossos funcionários e aumentou a qualidade dos testes. Depois disso, instalamos mais cinco robôs nesta mesma linha de refrigeradores, o que melhorou significativamente a nossa produtividade”, afirma Emerson Dlugosz, gerente de Engenharia de Manufatura do Electrolux Group da planta em Curitiba.

 

Com o sucesso deste projeto para o desenvolvimento de soluções, buscou-se novas oportunidades de melhorias. O projeto escolhido foi a substituição de robô de marca concorrente em uma linha já automatizada, uma vez que esta solução vinha apresentando paradas inesperadas impactando no processo de produção.

 

A solução encontrada pelo time da ABB foi a utilização do robô colaborativo GoFa, que pertence a uma nova família de colaborativos desenvolvidos pela ABB com maior alcance e maior capacidade de carga. O GoFa, conseguiu atender a aplicação com 100% de confiabilidade, solucionando o problema da baixa eficiência existente anteriormente na linha.

 

“Com a aquisição do GoFa tivemos um ganho de 8% na efetividade dos testes, redução das paradas inesperadas da linha de produção dos refrigeradores multidoor, além de trazer a facilidade do uso da robótica de maneira simplificada em linhas automatizadas”, completa Ariel Alves, técnico de Manutenção do Electrolux Group, responsável pela implementação do modelo GoFa na linha de refrigeradores.

 

Os robôs colaborativos da ABB são feitos para uma ampla gama de tarefas, em operações de todos os tamanhos. Eles são fáceis de configurar, programar, operar e dimensionar. Foram construídos por especialistas líderes do setor e atendidos pela mais ampla rede de serviços do segmento.

 

YUMI DUAL-ARM – Lançado em 2015, o YuMi foi o primeiro robô colaborativo do mundo. Com funcionalidade inovadora projetada para desbloquear o vasto potencial global de automação adicional na indústria, o YuMi tem segurança incorporada na funcionalidade do próprio robô

 

GOFA – O GoFa pode compartilhar continuamente o espaço de trabalho com as pessoas, proporcionando máxima flexibilidade e eficiência. Robô e pessoas cooperam nas mesmas tarefas, sem comprometer a produtividade ou a segurança.

 

Projetado para lidar com cargas úteis de até 5kg, 10kg e 12kg, o GoFa integrou sensores de torque em cada uma de suas seis juntas, oferecendo potência superior e desempenho de limitação de força. Juntos, eles evitam o risco de ferimentos, parando imediatamente o GoFa caso detecte qualquer contato com um trabalhador humano. (foto/divulgação)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo