Metal Mecânica

Ternium aumentará uso de sucata na produção de aço

Dentro do seu plano de descarbonização, a Ternium avança no projeto para ampliar o uso de sucata no seu centro industrial no Rio de Janeiro. A maior siderúrgica da América Latina receberá a primeira das três caixas de sucata que serão usadas para ampliar a utilização de material reciclado na produção de aço. A sucata foi produzida pela Emalto, uma indústria mecânica sediada na região de Ipatinga (MG). A operação fortalece a relação da Ternium com o Vale do Aço mineiro.

A chegada dos novos equipamentos é a primeira etapa na ampliação e modernização do pátio de sucata já existente na empresa, em Santa Cruz. A conclusão está prevista para setembro de 2023, com investimentos de R$ 100 milhões. A iniciativa faz parte do plano de descarbonização da siderúrgica e prevê aumento de 80% do uso da sucata na produção de aço da Ternium no Brasil.

“Além de avançar no plano de descarbonização, a Ternium está movimentando o setor industrial do Vale do Aço. Vale reforçar que o uso da sucata incorpora o ferro metálico ao processo industrial, substituindo parte do consumo de minério. Com isso, o processo se torna mais eficiente, permitindo a redução das emissões de CO2” explica Marcelo Chara, CEO da Ternium Brasil. A Ternium anunciou no início de 2021 um plano de reduzir em 20% a intensidade de carbono por tonelada de aço até 2030. (foto/divulgação)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo