Artigos e Cases

Benefícios do alumínio impulsionam múltiplas aplicações no setor energético

Paulo Cezar Martins Pereira (*)

 

A variedade de aplicações do alumínio tem garantido ao metal um amplo espaço nos mais diversos setores do mercado. Neste cenário, destaque é o segmento de energia, responsável pela utilização de 85% de todo vergalhão de alumínio produzido no mundo. Este número elevado deve-se às múltiplas aplicações do material dentro do próprio setor elétrico e, principalmente, aos benefícios oferecidos pelo alumínio para o segmento.

De maneira geral, em toda aplicação elétrica em que a relação entre a condutividade e a leveza for otimizada, e desde que não haja limitações de área, o alumínio pode ser utilizado, mantendo as limitações de temperatura de trabalho e desde que a resistência mecânica exigida esteja dentro da capacidade do material. Entre as possibilidades de aplicação do alumínio neste setor pode-se destacar as linhas de transmissão e distribuição de energia elétrica, as indústrias de transformadores a seco, a construção civil, para condução de energia em galpões e prédios, bem como a indústria de motores elétricos. Além disto, o alumínio também é utilizado em sistemas de proteção contra descargas elétricas (sistemas de para-raios), inclusive nas próprias linhas de transmissão (OPG-W).

 

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS – A escolha do alumínio para esta diversa gama de aplicações no setor energético é explicada pelos benefícios apresentados por este tipo de metal. A principal vantagem do alumínio é a relação de condutividade elétrica por conta de seu peso leve, o que o torna particularmente interessante para tais aplicações. O alumínio é aproximadamente 66% mais leve e conduz 61% da energia elétrica quando comparado ao cobre, por exemplo. Assim, mesmo que seja necessário aumentar a secção transversal (diâmetro), o cabo de alumínio resultará em uma condução equivalente à do cobre, de maior diâmetro, mas com, aproximadamente, 50% do peso.

Estas características ganham importância, principalmente, em projetos de transmissão, uma vez que reduz a necessidade de uso de um número maior de torres e diminui o custo do projeto. Além disso, atualmente, o valor do alumínio é 23% menor quando comparado ao cobre, o que garante ainda mais economia nas aplicações.

Destaca-se, entretanto, que o alumínio pode ser utilizado em aplicações específicas que não excedam uma temperatura de uso maior que 200°C, quando, a partir de então, deve-se considerar o uso de outros materiais. Em particular, para linhas de distribuição e transmissão com cabos de alumínio a temperatura de trabalho situa-se entre 75°C e 90°C, o que é bastante favorável ao uso deste material.

Outro ponto que evidencia as vantagens do alumínio é seu caráter sustentável. Em projetos de linhas de transmissão, por exemplo, este metal viabiliza a economia de material das torres, exige menos dos veículos de transporte na medida em que é mais leve e, consequentemente, diminui o consumo de combustível. Além disto, o alumínio é infinitamente reciclável e assim o produto pode ser produzido a partir do uso do reciclado, poupando o planeta da extração de mais minério e de maior dispêndio de energia para ser produzido. O alumínio quando reciclado consome 19 vezes menos energia do que quando obtido a partir do minério e produz apenas 5% de particulado na atmosfera do que despenderia caso produzido a partir da bauxita.

Diante de todos os benefícios e aplicações do alumínio, a opção pelo uso massivo deste metal é uma escolha acertada e inevitável. Sua utilização, não somente no setor elétrico, mas em praticamente todos os setores da produção de bens duráveis e não duráveis, deve ser intensificada, inclusive no setor aeroespacial, de alta tecnologia, que já não pode prescindir desse material. Em comparação com outros metais, a metalurgia do alumínio está ainda na adolescência, mas com grande potencial de crescimento e expansão.

__________________________________________

(*) O autor é superintendente de Vendas e Marketing da Termomecanica.

 

* Paulo Cezar Martins Pereira é Superintendente de Vendas e Marketing da Termomecanica, empresa líder na transformação de cobre e suas ligas

 

Benefícios do alumínio impulsionam múltiplas aplicações no setor energético - Artigos - CIMM

Condutor de cobre ou alumínio: Qual a diferença e como escolher?
CONDUTOR DE COBRE E ALUMÍNIO

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo