Eletrônica e Informática

BYD vai inaugurar nova linha de produção de módulos fotovoltaicos no Brasil

Após completar cinco anos do início de suas atividades em sua fábrica localizada em Campinas (SP), a BYD Energy confirma a inauguração de sua nova linha de produção de módulos fotovoltaicos no país, no próximo dia 19 de abril.

Além de implantação de equipamentos de última geração, que permitiram elevar o nível de automação e tecnologia nos processos fabris, foram agregadas diversas tecnologias aos produtos como Multi-busbar, half-cell, 1/3 cut cell, micro-gap e negative-gap. A empresa passa a comercializar uma linha completa de módulos de alta potência, mono e bifaciais, que variam de 450W até 670W.

As novas instalações da BYD Energy receberam 98% de renovação em seus equipamentos e processos, seguindo uma tendência mundial, adotando a mais alta tecnologia disponível no Brasil e exterior. Com isso, a empresa se fortalece e mantém a liderança no mercado nacional, não só em volume produzido, mas também em tecnologia de ponta, caracterizando-se com uma das empresas que mais investem em novos processos e equipamento no setor.

MÓDULOS FOTOVOLTAICOS – A nova linha permitiu também que a fábrica se tornasse compatível com todas as dimensões de células fotovoltaicas, atualmente disponíveis no mercado, com grande ganho de produtividade e eficiência. Assim, agora é possível realizar a laminação e o encapsulamento de módulos convencionais ou double-glass. Outro fato de destaque é que a expansão e transformação dos processos produtivos garantiram à empresa triplicar sua capacidade para atingir 0,5 Gigawatt, suficiente para abastecer uma cidade com 750 mil habitantes.

TECNOLOGIA NACIONAL – Os novos módulos voltaicos que passam a ser comercializados no mercado pela BYD Energy – desde o projeto, desenvolvimento, até a completa implantação – foram desenvolvidos pela engenharia local da própria empresa. “Esse é o grande diferencial da BYD. Quando falamos em investir ou em desenvolver o mercado, não pensamos só na produção e venda. Inclui também a formação de mão de obra especializada e treinamento. Temos muito orgulho em afirmar que grande parte de nosso equipamento foi desenvolvido pela equipe de P&D e Engenharia de Produtos aqui do Brasil”, afirma Marcelo Taborda, diretor Comercial da BYD Energy do Brasil.

Hoje a BYD possui todo o equipamento necessário para aferir e atestar os módulos fotovoltaicos desenvolvidos no mercado brasileiro. “Assim, conseguimos atestar nossos módulos e outros produzidos no exterior, na própria BYD Energy. Com isso, ganhamos muito em agilidade, tempo, prazo, custo e também em qualidade”, informa Taborda.

Para a BYD Energy , a nova linha de produção de módulos fotovoltaicos representa uma grande conquista para todo o mercado. A empresa já havia provado ser capaz de projetar módulos de alta potência e qualidade, e agora mostra sua capacidade também de fabricá-los em larga escala, com nível de produtividade e eficiência idênticos aos padrões globais. A produção e início de vendas dos novos módulos voltaicos produzidos pela empresa em Campinas estão previstos para começar no dia 25 de abril.

“Desde o início, a BYD entendia que havia um grande potencial de mercado para o crescimento de uma tecnologia que ainda começava no Brasil, mas já consolidada no exterior. Por isso, investiu fortemente na área. Hoje, além de representar a maior fábrica em operação e ocupar a posição de maior fabricante do país, já produziu mais de 1,6 milhão de módulos nos últimos cinco anos, trazendo ao mercado grande independência e economia, como fonte de energia limpa e renovável”, conclui Adalberto Maluf, diretor de Marketing e Sustentabilidade da BYD Brasil.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo