Eletrônica e Informática

Data center AngoNAP inaugurado em Fortaleza tem padrão Tier III

O data center AngoNAP Fortaleza, da multinacional de Telecom Angola Cables, foi inaugurado no último dia 16 de abril. Com padrão Tier III pronto a receber certificação do Uptime Institute , ocupa atualmente cerca de 3 mil metros quadrados de área na Praia do Futuro, na capital cearense, com uma área total de 9 mil metros quadrados, que está disponível para mais quatro fases de expansão.

A instalação tem uma capacidade de redundância de energia de 12,5 MVA e atualmente possui 1.000 racks escaláveis, oferecendo aos clientes um padrão de disponibilidade de serviço de 99,98%.

“Fortaleza deixou de ser um mero ponto de passagem das telecomunicações, devido aos cabos submarinos que recebe, para ser um ponto de presença de conectividade, um verdadeiro hub digital. Hoje, podemos dizer com propriedade que está criada a primeira ponte digital entre África e América Latina. Angola e Brasil, via Fortaleza, são os pioneiros na integração digital do Atlântico, a região com maior PIB mundial. Este data center vai funcionar como um catalisador do desenvolvimento de negócios da quarta revolução industrial”, explica António Nunes, CEO da Angola Cables.

A instalação é o principal ponto de interconexão para a região e será o anfitrião dos dois novos cabos submarinos intercontinentais, o South Atlantic Cable System (SACS) e o Monet – já em operação. Sua estrutura acomodará outros sistemas de cabos submarinos internacionais, provedores de backhole, provedores de conteúdo, CDNs, Research e IXP Acadêmico da Latam. O AngoNAP Fortaleza oferece serviços de escalabilidade, conectividade contínua, host e nuvem, para entidades locais e externas. Tem a vantagem, por sua conexão direta com o cabo SACS, de promover e entregar todas essas possibilidades a baixíssima latência.

“Há ganhos muito objetivos com essa iniciativa da Angola Cables. O primeiro é restabelecermos uma ponte com países irmãos, como Angola. A partir disso, novas relações comerciais, econômicas, de comunicação, novas oportunidades de relação acadêmica e científica se abrem entre Brasil, através de Fortaleza, e o continente africano. Mas o maior ativo que agrega na perspectiva econômica local é termos o data center, que representa a sustentação de um outro sonho, de consolidarmos nesta cidade um polo tecnológico de ponta, que possa gerar impacto de emprego, de renda e mexer com o padrão da economia da cidade”, diz Roberto Claudio, prefeito da capital cearense.

Esse ponto de interconexão gerado pelo AngoNAP Fortaleza permitirá ao Brasil exportar seus conteúdos para o mundo, assim como às entidades africanas desenvolver negócios diferentes aqui no país, na América Latina e nos EUA.

CARACTERÍSTICAS – Localizado em um dos hubs de cabos submarinos de fibra óptica mais importantes e concentrados da América do Sul, Fortaleza é a segunda cidade do mundo em número de cabos desse tipo instalados em suas águas, com 12 no total. O AngoNAP Fortaleza é neutro em relação à operadora e foi projetado para receber mais cabos submarinos que venham a chegar na Praia do Futuro. Também está apto a fornecer serviços de múltiplas conexões para qualquer operadora ou empresa que exija serviços de dados de alta capacidade para executar suas empresas modernas, baseadas na Internet e tecnologia, usando rotas de cabos submarinos para expandir negócios. E atender à crescente demanda de transmissão de dados de conteúdo no Hemisfério Sul.

AngoNAP Fortaleza é o primeiro ponto de conectividade neutra no Parque Tecnológico da Praia do Futuro a ser instalado na capital cearense. Suas vantagens vão além de atender à crescente demanda por conteúdo rico em mídia na economia digital global, mas também vai melhorar os links para comércio, cooperação intergovernamental e aprendizado acadêmico em ambos os lados do Atlântico. “O Brasil, com a conectividade que passa a ter pelo Hemisfério Sul, ganha um papel preponderante no universo da economia digital mundial”, conclui o CEO da Angola Cables, António Nunes.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo