Serviços

Design inteligente ajuda a controlar os cavacos na usinagem de pinos esféricos e polias

Um dos maiores problemas encontrados na usinagem de pinos esféricos e polias é o controle de cavaco. Esse problema é encontrado em diversas empresas que atuam no segmento de peças automotivas. O acúmulo de cavacos nas peças e ferramentas gera custos para a usinagem, como a perda de produtividade, visto que os operadores precisam remover os cavacos gerados nas peças e suportes após o término da usinagem.

Os inúmeros acidentes de trabalho na tentativa da remoção do cavaco também devem ser considerados. O fator logístico também não deve ser desprezado já que o transporte das caçambas de cavacos é realizado com maior frequência.

Para lidar de forma efetiva com a usinagem de pinos e polias, a TaeguTec lançou um novo quebra-cavaco FX que reduz o desgaste da ferramenta por controle efetivo de cavacos e redução das forças de corte. O quebra-cavaco é destinado à usinagem de aços com baixa porcentagem de carbono.
O design inovador do novo quebra-cavacos FX está disponível em pastilhas de face simples ou dupla (VBMT e VNMG/X, respectivamente).

O quebra-cavaco FX apresenta uma aresta de corte altamente positiva com uma geometria helicoidal, que reduz a maior parte dos esforços de corte associados à usinagem de pinos esféricos e polias. Possuindo um projeto de quebra-cavaco estreito e de arestas de cortes onduladas, consegue promover um controle de cavacos otimizado, que melhora a produtividade, com tempos de ciclos mais curtos. Além disso, para maior economia e produtividade, os insertos VBMT e VNMG podem ser montados em suportes padrão ISO.

Durante o estágio de teste dessas novas pastilhas, a TaeguTec constatou que a vida útil da ferramenta foi aumentada em pelo menos 30% e o controle de cavacos se mostrou muito superior, eliminando o problema com cavacos e, consequentemente, os acidentes de trabalho.

De forma mais específica, durante um estudo de caso em uma peça de esfera de 0,20% de aço carbono, a pastilha VNMG com quebra-cavaco FX eliminou a concorrência aumentando em 30% a vida útil da ferramenta ao usinar a uma velocidade de 235 m/ min, um avanço de 0,22 mm/rot e uma profundidade de corte de 0,8 a 1,2 mm.

Em um segundo estudo de caso, mas desta vez em uma polia feita de 0,20% de aço carbono, o quebra-cavaco FX da VNMG superou a vida útil da concorrência em 40% em uma operação de torneamento externo que tinha uma velocidade de corte de 420 m/min, uma velocidade de avanço de 0,25-0,3 mm/rot. e uma profundidade de corte de 1,5 mm.

A equipe de engenharia da TaeguTec tem trabalhado para melhorar ainda mais as condições e os resultados dessa que é uma das piores condições para a quebra de cavacos. A empresa possui a solução completa para esse e os demais problemas encontrados na usinagem.
________________________________
Alyson Santos, especialista em Produtos da TaeguTec Brasil.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo