Metal Mecânica

Empresários do segmento de máquinas e equipamentos são os mais confiantes, segundo a CNI

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei), da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em agosto de 2021 permanece acima dos 50 pontos em todos os 30 setores da indústria analisados, indicando que as empresas desses setores seguem confiantes. É o quarto mês consecutivo de confiança disseminada entre todos os setores da indústria.

No mês, a confiança cresceu em 21 dos 30 setores da indústria analisados, não variou em dois deles e recuou nos demais setores. Em seis dos sete setores em que houve queda de confiança, a queda foi menor que um ponto. O único setor que registrou queda de confiança mais intensa foi Manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos, cujo índice recuou 3,7 pontos.

Os setores mais confiantes na economia são: Máquinas e Equipamentos (66,6 pontos); Químicos (65,9), Máquinas aparelhos e materiais elétricos (65,1) e Produtos de metal (65).

“O setor manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos, por exemplo, registrou a queda de confiança mais intensa. Mas o indicador passou de 63,9 pontos para 60,2 pontos, o que demostra que a confiança ainda segue alta e disseminada no setor”, explica o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo,

Foram entrevistas 2.383 empresas, sendo 949 pequeno porte, 860 médio porte e 574 de grande porte, entre 2 e 11 de agosto.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo