Eletrônica e Informática

Faturamento das indústrias do Polo de Manaus supera R$ 13 bilhões em janeiro

O Polo Industrial de Manaus (PIM) começou 2023 com valor recorde para um mês de janeiro, alcançando faturamento de R$ 13,07 bilhões. O resultado é 7,47% superior ao atingido em janeiro de 2022 (R$ 12,16 bilhões). Em dólar, o faturamento do PIM no primeiro mês de 2023 foi de US$ 2,56 bilhões, representando crescimento de 12,91% em comparação com igual mês de 2022.

 

As exportações do PIM totalizaram US$ 47,83 milhões em janeiro, indicando aumento de 30,77% ante igual mês do ano passado (US$ 36.57 milhões). Já a mão de obra do PIM registrou, em janeiro, 106.710 trabalhadores empregados, entre efetivos, terceirizados e temporários. Desde outubro de 2020 – ou em 28 meses consecutivos -, a quantidade de mão de obra do parque fabril de Manaus supera 100 mil vagas diretas.

 

SEGMENTOS E PRODUTOS – O segmento de Bens de Informática continua sendo o maior responsável pelo faturamento global do PIM, com faturamento, em janeiro, de R$ 3,26 bilhões e 24,95% de participação. Depois vêm, respectivamente, os subsetores Eletroeletrônico, com 18,54% de participação e faturamento de R$ 2,42 bilhões; Duas Rodas, com 17,43% de participação e faturamento de R$ 2,27 bilhões; e Químico, com 9,79% de participação e faturamento de R$ 1,28 bilhão.

 

Em termos de volume de faturamento apresentado, os principais produtos fabricados pelo PIM em janeiro deste ano foram: motocicletas, motonetas e ciclomotores; televisores com tela de cristal líquido e Oled; telefones celulares; placas de circuito montada para uso em informática; condicionadores de ar do tipo split system; e fornos micro-ondas. Dois desses itens – motocicletas, motonetas e ciclomotores e televisores com tela de cristal líquido e Oled – se destacaram, ainda, entre os produtos que registraram maior crescimento de produção entre janeiro de 2023 e o mesmo mês do ano passado, com aumentos, respectivamente, de 53,78% e 51,90%.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo