Eletrônica e Informática

Faturamento do Polo Industrial de Manaus cresce 3,98% no primeiro quadrimestre

O Polo Industrial de Manaus (PIM) faturou R$ 55,75 bilhões nos primeiros quatro meses de 2023, o que representa crescimento de 3,98% na comparação com o mesmo intervalo do ano passado (R$ 53,61 bilhões). Em dólar, o faturamento também registrou aumento, este de 2,04%, quando comparados os montantes registrados entre janeiro e abril deste ano (US$ 10,93 bilhões) com o mesmo período de 2022 (US$ 10,72 bilhões).

 

No primeiro quadrimestre do ano, as empresas do PIM registraram exportações de US$ 194.70 milhões, o que representa crescimento de 23,06% em relação ao mesmo intervalo de 2022 (158.23 milhões).

 

Já com relação aos indicadores de mão de obra, o PIM empregou em abril 106.790 trabalhadores, entre efetivos, temporários e terceirizados, resultado bastante similar ao verificado em igual mês do ano passado (106.569 trabalhadores). Somados os quatro primeiros meses de 2023, a média mensal de empregos no ano está situada em 109.508 trabalhadores.

 

SEGMENTOS E PRODUTOS – Bens de Informática (faturamento de R$ 14,85 bilhões e participação de 26,64%), Eletroeletrônico (faturamento de R$ 10,53 bilhões e participação de 18,89%) e Duas Rodas (faturamento de R$ 10,02 bilhões e participação de 17,97%) foram os três principais segmentos do PIM em representatividade de faturamento no primeiro quadrimestre do ano. Destes, o segmento de Duas Rodas foi o que se mostrou mais aquecido, registrando crescimento de 28,83% no faturamento entre janeiro e abril de 2023 na comparação com o mesmo intervalo do ano passado.

 

Entre os principais produtos fabricados pelo PIM, os maiores destaques no primeiro quadrimestre do ano foram televisores com tela LCD e OLED, com 4.264.669 unidades produzidas e aumento de 42,57% na comparação com o mesmo intervalo de 2022; motocicletas, motonetas e ciclomotos, com 535.750 unidades produzidas e aumento de 20,76%; telefones celulares, com 5.278.176 unidades produzidas e aumento de 3,57%; condicionadores de ar do tipo split system, com 1.279.520 unidades produzidas e aumento de 37,21%; condicionadores de ar de janela ou de parede de corpo único, com 51.651 unidades produzidas e aumento de 134,03%; receptores de sinal de televisão, com 1.068.109 unidades produzidas e aumento de 112,21%; e aparelhos de barbear, com 609.897 unidades produzidas e aumento de 21,24%.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo