Eletrônica e Informática

Faturamento global do setor de semicondutores vai recuar mais de 9% em 2019

A receita global do setor de semicondutores totalizará US$ 429 bilhões em 2019, refletindo uma queda de 9,6% na comparação com os US$ 475 bilhões de receita obtidos em 2018. A projeção é do Gartner, Inc., que revisa para baixo (-3,4%) a realizada no trimestre anterior.

“O mercado de semicondutores está sendo impactado por vários fatores. Um ambiente de preços fracos para memória e outros tipos de chips, combinado com a disputa comercial Estados Unidos-China, e o baixo crescimento das principais aplicações, incluindo smartphones, servidores e PCs está conduzindo o mercado para o mais baixo crescimento desde 2009”, afirma Ben Lee, analista sênior principal de pesquisa do Gartner. “Os gerentes de produtos semicondutores deveriam revisar a produção e os planos de investimentos para se proteger desse mercado mais fraco”, complementa.

Um excesso de oferta causado pela menor demanda pode pressionar os preços para baixo em 42,1% em 2019 e a expectativa é que o excesso de oferta se estenda até o segundo trimestre de 2020. A queda se deve aos sinais de fraca recuperação da demanda em relação à escala dos vendedores e ao crescente nível de estoque de DRAM. Com isso se encerra o mais longo período e falta de oferta da indústria de DRAM.

A disputa comercial em curso entre Estados Unidos e China causa incertezas com relação ao comércio. As restrições que os Estados Unidos impõem aos negócios chineses são baseadas em preocupações de segurança e terão impacto de longo prazo no suprimento e na demanda de semicondutores. Esses fatores combinados irão acelerar a produção doméstica de semicondutores da China, assim como criar base para tecnologias como processadores ARM. Alguns fabricantes irão realocar suas produções para fora da China enquanto perdurar a disputa e várias companhias irão procurar diversificar suas bases de produção para reduzir qualquer risco de ruptura.

O mercado global de NAND tem excesso de oferta desde o primeiro trimestre de 2018 e, agora, o excesso está mais pronunciado porque a demanda por este tipo de semicondutor está mais fraca que a esperada.

“Esperamos que o elevado estoque de smartphones e a fraca demanda pelas matrizes de estado sólido (solid-state array) permaneçam por alguns poucos trimestres”, afirma Lee. Ainda segundo Lee, devido às agressivas quedas nos preços, é possível prever uma relação de oferta e demanda mais balanceada em 2020. Porém, numa perspectiva mais geral há preocupação devido à baixa demanda de catalisadores como PCs e smartphones, sem contar que o aumento de capacidade com novas fabs na China causa impacto neste mercado.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo