Metal Mecânica

Firjan comemora resultado do leilão de concessão de duas áreas do pré-sal

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) realizou, no dia 17 de dezembro, a segunda rodada de licitações dos volumes excedente da Cessão Onerosa, para as áreas de Sépia e Atapu, na região do pré-sal na Bacia de Santos, no Rio de Janeiro. Para a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), os resultados reforçam a importância do petróleo e do gás natural na estratégia das empresas e tem o potencial de geração de negócios, principalmente para o estado do Rio de Janeiro, já que as duas áreas se encontram em águas fluminenses.

De acordo com a federação, os resultados e as expectativas contribuem com a retomada da atividade pós pandemia, por meio da inserção de novos agentes no mercado, do crescimento da indústria, com incentivo ao desenvolvimento de novas tecnologias e, consequentemente, oportunidades de geração de renda e empregos para sociedade.

A ANP estima investimentos de mais de R$ 200 bilhões na fase de desenvolvimento da produção dessas áreas. Além desses investimentos, a agência tem a expectativa de arrecadação de aproximadamente de R$ 120 bilhões em participações governamentais, impostos e destinação de recursos para Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação.

Com 11 empresas inscritas para participar do leilão, foram vencedoras o consórcio de empresa Total, Petronas e QP Brasil para a área de Sépia; e para área de Atapu, o consórcio de empresas Petrobras, Shell e Total. Em termos de bônus de assinatura, a rodada garante a arrecadação de R$ 11,1 bilhões, para o país, dos quais R$ 7,7 bilhões serão repassados aos estados e municípios.

Diferente de outras rodadas de licitação de blocos exploratórios, na Rodada de Volumes Excedentes da Cessão Onerosa as empresas disputam a participação em áreas que já possuem volumes confirmados de reserva de óleo e gás. Por isso, o excedente se refere às reservas além dos cinco bilhões de barris aos quais a Petrobras tem direito dentro do regime da Cessão Onerosa.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo