Eletrônica e Informática

Indústria de placas eletrônicas oferece solução de crédito por meio de plataforma de financiamento

A Standard America – indústria de placas eletrônicas com fábrica no Brasil, escritório comercial nos Estados Unidos e hub de produção em Portugal, com capacidade para atender a Europa – está começando a disponibilizar uma ação de fomento para sua cadeia de suprimentos. “Percebemos que há muitas empresas que podem tornar-se nossas clientes. Porém, elas não têm capacidade financeira para colocar projetos em andamento e, assim, não conseguem contratar nossa produção”, diz Ricardo Helmlinger, COO da empresa.

 

Ele e o sócio, Hidalgo Dal Colletto, CEO da empresa, decidiram aplicar o conhecimento que trazem do mercado financeiro ao novo negócio. “Nós já operávamos fundos de investimentos e fintechs e buscamos parceiros que apostem no segmento industrial. Deu certo”, conta Dal Colletto.

 

Agora, clientes da STD America conseguirão crédito para a realização de seus projetos e a própria indústria de placas eletrônicas se beneficiará com isso. “A ideia é que nossa produção aumente também por esse motivo”, pondera o CEO.

 

A forma escolhida pela empresa para fomentar sua cadeia foi por meio da Cashforce. Trata-se de uma plataforma de financiamento da cadeia de suprimentos (Supply Chain Finance) especializada no financiamento industrial. Ela oferece um marketplace de crédito que conecta recebíveis qualificados de fornecedores com sponsors e financiadores, com objetivo de fazer todos os membros da cadeia terem oportunidades de crescimento.

 

Conforme Fernando Marinari, diretor da Cashforce, uma vez certificado pela STD America, o solicitante do crédito escolhe a melhor opção de financiamento, conforme taxas, prazos e condições. “Nossa plataforma funciona com multifinanciadores, sem depender de uma única fonte.”

 

Como a garantia do empréstimo é o próprio contrato com a STD América, o crédito é automaticamente aprovado, de forma desburocratizada. “A empresa solicitante poderia demorar muito tempo para conseguir financiamento em um banco tradicional e nem ter as garantias exigidas. Na Cashforce, como os financiadores não são ligados a bancos, mas participantes de fundos alternativos ao sistema bancário, eliminam-se os entraves tradicionais”, completa.

 

RESULTADOS – O financiamento pela plataforma Cashforce estará disponível à cadeia de suprimentos da STD America a partir de meados de outubro. Até o final do ano, a empresa espera aumentar em 7% a produção industrial, a partir dessa demanda. “Esse valor é bastante significativo e nos motiva a continuar oferecendo essa possibilidade aos nossos parceiros”, anima-se Helmlinger.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo