Metal Mecânica

Indústria de pneus encerra 2022 com queda de 0,2% nas vendas

O decreto do Governo Federal que zerou a alíquota para importação de pneus de carga em 2021 continua impactando negativamente os resultados da indústria nacional de pneumáticos. O segmento encerrou  2022 com queda de 0,2% nas vendas em unidades em relação ao ano anterior, somando 56,6 milhões de pneus comercializados.

A medida tributária que beneficiou a importação foi a principal responsável pelo fraco desempenho da indústria, já que as vendas totais de pneus de carga caíram 6,5% no ano passado, totalizando 7,4 milhões. Os dados fazem parte do levantamento setorial divulgado pela Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (Anip).

“A redução das vendas, fruto do aumento desenfreado das importações de pneus para veículos pesados preocupa o setor nacional de pneumáticos, como também a cadeia produtiva de borracha natural e de aço que também já sentem a frenagem nas vendas e o consequente aumento dos estoques por conta da medida equivocada do governo anterior. O setor já iniciou as tratativas para iniciar o diálogo com o novo governo a fim de rever essa desacertada medida que prejudica a indústria de pneus no Brasil e que coloca em risco toda a cadeia produtiva”, diz Klaus Curt Müller, presidente executivo da Anip.

Apesar da queda nas vendas totais de pneus de carga em 2022, a comercialização desse tipo de pneu para montadoras fechou em alta de 10,6%. Em contrapartida, o mercado de reposição apresentou recuo de 11,7%.

Já as vendas totais de pneus de passeio tiveram leve alta, com 2,2% no comparativo com 2021, totalizando 30,3 milhões de unidades. Para montadoras a alta foi de 7,2% enquanto as vendas de reposição avançaram apenas 0,6% no período.

No segmento de comerciais leves, o setor fechou com alta de 4,5% nas vendas contra 2021, totalizando 8,5 milhões de unidades (com alta de 12,2% nas vendas para montadoras e zero de crescimento na reposição).

Pneus para motocicletas continuam com resultados negativos. Depois de registrarem queda de 5,2% em 2021, as vendas totais retraíram 4,9% no ano passado, somando 9,1 milhões de unidades comercializadas.

DEZEMBRO – O índice de vendas totais de pneus de dezembro foi 20,8% menor que os números registrados em novembro, com destaque para o recuo de 32,2% nas vendas para montadoras.

Na comparação entre os últimos dois meses, as vendas de pneus de carga registraram recuo de 6,4% em dezembro quando comparado ao mês anterior, sendo 10,4% menores para montadoras e 4,4% mais baixas para reposição.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo