Eletrônica e Informática

IPT abre filial na cidade de Manaus

Com unidades nas cidades de São Paulo, Franca e São José dos Campos, o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) está expandindo a sua atuação com a abertura de um núcleo na cidade de Manaus (AM), o IPT Amazônia. A criação da primeira filial do Instituto fora do estado de São Paulo é parte do plano de expansão da sua atividade pelo país, com o objetivo de desenvolver novas oportunidades de negócio.

“Manaus é a maior cidade da Amazônia brasileira e possui um ecossistema vibrante de empresas de diversos setores, instituições de pesquisa e universidades. É um ambiente estratégico para o IPT oferecer seus serviços e criar redes de parcerias na região Norte”, afirma Caio José Perecin, coordenador Técnico de Projetos do IPT. Ele lembra que, desde 2022, o IPT possui escritório em Manaus, que funcionou inicialmente para a prospecção de clientes e parceiros.

A infraestrutura será ampliada de acordo com a demanda de projetos e serviços. A filial se propõe a prospectar projetos em todas as áreas de competência do IPT e foram organizadas as demandas em quatro eixos: Bioeconomia (biotecnologia, nanotecnologia, meio ambiente, agronegócio e economia circular); Desenvolvimento Regional (transporte, cidades, urbanização, saúde, habitação e infraestrutura); Indústria (apoio ao Polo Industrial com metrologia, materiais avançados, energia e tecnologias digitais) e Capacitação de Pessoas (parcerias com empresas e instituições para promoção do conhecimento na Amazônia).

“As prospecções iniciais estão focadas em projetos de PD&I; no entanto, a expectativa é receber demandas de clientes e parceiros em todas as áreas de atuação do IPT, ou seja, serviços tecnológicos, serviços metrológicos e educação em tecnologia”, explica Perecin. De início, a equipe será de pesquisadores para o desenvolvimento dos primeiros projetos; porém, com o crescimento da filial, afirma ele, será necessário fortalecer uma equipe administrativa local.

O IPT está criando também uma rede de parceiros na região, para propor soluções para o desenvolvimento da Amazônia em conjunto com instituições que têm experiência nos desafios locais. Além disso, em parceria com a Fundação Universitas de Estudos Amazônicos (Fuea) e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o IPT irá realizar a gestão do novo Centro de Bionegócios da Amazônia (CBA), uma área de 12 mil metros quadrados com laboratórios equipados para o desenvolvimento de projetos relacionados à bioeconomia.

A unidade do IPT está localizada no Impact Hub Manaus, um espaço colaborativo composto por empresas e novos negócios de impacto.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo