Eletrônica e Informática

Itaipu faz escaneamento 3D de toda área industrial da usina

A empresa responsável pelo escaneamento tridimensional da Itaipu finalizou os trabalhos na primeira quinzena de maio. Encerrada essa fase, será possível agora concluir a modelagem 3D de toda a Área Industrial para dar continuidade aos projetos executivos na atualização tecnológica da binacional.

 

De acordo com Angelo Mibielli, representante da Superintendência de Engenharia no Colegiado de Apoio da Gerência Executiva do Plano da Atualização Tecnológica (PAT), o escaneamento criou uma espécie de retrato tridimensional fidedigno de toda área industrial, incluindo a parte externa. Esse retrato, capturado em formato de uma nuvem de pontos, será convertido em um Modelo da Informação da Construção (Building Information Modeling – BIM, na sigla em inglês), que trará um conjunto de todas as informações referentes à usina, como medidas exatas de todas as dimensões, incluindo metragem de cabos, fibras óticas, tamanhos de máquinas, espaços etc.

 

Esse modelo 3D digital substituirá os documentos estáticos e permitirá, a partir de agora, uma atualização constante de todas essas informações. “Além de todos os projetos da Atualização Tecnológica utilizarem esta metodologia, que nos permitirá mais agilidade e confiabilidade, todas as outras melhorias que Itaipu for realizar no futuro contarão com este modelo, permitindo projetos mais eficientes e dinâmicos”, destaca Renata de Biasi Ribeiro Tufaile, gerente executiva do PAT.

 

O escaneamento durou nove meses e foi realizado em todas as cotas da casa de força, vertedouro e barragem pela empresa BIM Start, subcontratada do Consórcio Modernização Itaipu (CIM), que é o responsável pela execução da Atualização Tecnológica.

 

A Diretoria Técnica conduziu os trabalhos e o acompanhamento em campo foi realizado pela Superintendência de Obras, com apoio das Superintendências de Manutenção e de Operação. A coordenação foi realizada pela Superintendência de Engenharia. “Este foi um grande trabalho, realizado a muitas mãos, que possibilitou o pioneirismo da Itaipu em ter toda sua casa de força e barragem escaneados. Segundo a BIM Start, foi o maior escaneamento de uma estrutura industrial que se tem notícia até o momento no mundo”, finaliza Renata. (imagem/divulgação)

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo