Metal Mecânica

Junker desenvolve da Plataforma 3 de retificadoras modulares, que se destacam pela precisão e eficiência

A Junker anuncia o desenvolvimento da Plataforma 3, que abre amplas opções para o futuro e – e importante – para a segurança do investimento. As tecnologias de retificação da Junker são continuamente aperfeiçoadas para atender aos desafios do mercado. Com conceitos de retificação cada vez mais produtivos, a Junker oferece a solução perfeita para as exigências cada vez maiores de eficiência e precisão. A Plataforma 3 foi projetada especificamente para esta finalidade.

 

As retificadoras modulares da Plataforma 3, que combinam a necessidade de produção flexível em uma retificadora de alto desempenho, foram desenvolvidas tomando como base lotes menores e uma variedade crescente de variantes.

 

Além das retificadoras de alta velocidade com CBN e ferramentas de retificação diamantadas, tais como a Jumat, a Jucam, a Quickpoint e a Jucrank, a nova Junicor abrange todos os requisitos convencionais de retificação com rebolo convencional. Como, nestas máquinas, a flexibilidade e precisão são equilibradas, elas são adequadas para a produção de peças individuais e pequenas séries, mas também para a produção de séries maiores de peças.

 

DESENVOLVIMENTO – “Os principais objetivos do novo desenvolvimento são aumentar a flexibilidade e a eficiência econômica por meio da otimização do sistema modular. As vantagens do sistema modular incluem uma base padronizada para todos os modelos de máquinas da Plataforma 3, o que reduz os tempos de produção e permite que os clientes se beneficiem de prazos de entrega mais curtos”, frisa Joachim Himmelsbach, CTO do Grupo Junker.

 

A base da máquina pode ser equipada com uma ampla gama de opções de configuração, tais como módulos de mesa e cabeçotes de retificação personalizados, desde o modelo standard até o especialista absoluto, oferecendo os melhores resultados em termos de eficiência, flexibilidade e economia.

 

As áreas de aplicação da Plataforma 3 são diversas. Elas são ideais para uso em Tier 1-3, OEMs, bem como institutos de pesquisa e desenvolvimento, e, portanto, são perfeitamente adequadas às necessidades de uma ampla gama de setores.

 

A MÁQUINA – O design da Plataforma 3 permite um alto grau de flexibilidade nas configurações de máquinas específicas do projeto e, ao mesmo tempo, possibilita que os requisitos individuais do cliente sejam combinados com uma relação preço-desempenho convincente.

 

Diferentes sistemas de guia e variantes de acionamento nos eixos principais X e Z podem ser selecionados a fim de atender diferentes requisitos de precisão. A Junker oferece a solução apropriada de acordo com os requisitos da peça a ser retificada.

 

O conceito de automação integrada é outro destaque da nova

Plataforma 3. O carregamento da máquina pode ser realizado de modo manual ou automaticamente. O carregador de pórtico interno pode ser convertido para as novas configurações de peça com pouco esforço e garante um manuseio eficiente das peças. No conceito geral do sistema estão consolidados o fácil acesso a todos os componentes e a simplicidade na conversão dos equipamentos.

 

Os processos de usinagem individuais podem ser implementados com o uso de uma ampla gama de variantes de cabeçotes de retificação, com ou sem eixo B giratório automático. É possível montar até 3 cabeçotes de retificação especialmente desenvolvidos e produzidos pela Junker em um único cabeçote, permitindo um design ideal da máquina próprio para cada peça.

 

A Plataforma 3 será uma das grandes inovações a serem apresentadas no GrindingHub 2024, que será realizada de 4 a 17 de maio, no GrindingHub em Stuttgart, na Alemanha. Além da Plataforma 3, novos desenvolvimentos da companhia poderão ser conferidas ao vivo estande B50 no pavilhão 10.

 

A Plataforma 3, se destaca pela: eficiência econômica graças ao design modular; prazos curtos de entrega e produção para a máquina e Componentes; disponibilidade garantida de peças de reposição; alta disponibilidade da máquina graças à redução dos tempos de serviço e reparo; segurança do investimento graças a reequipamento flexível para um segundo e terceiro ciclo de vida do produto; precisão dimensional graças à estabilidade térmica ideal; alta rigidez graças à construção robusta; redução do tempo de comissionamento graças aos periféricos integrados; conceito operacional e de software orientado para o futuro; plataforma de máquina fácil de usar e de manutenção simples; e redução do espaço de instalação.

 

PROCESSO DE RETIFICAÇÃO – A nova Plataforma 3 permite uma ampla gama de processos de retificação, tais como retificação cilíndrica/não circular, cilíndrica interna/não circular interna, longitudinal, de mergulho e de mergulho angular, processos mais complexos, tais como retificação de perfil, face, superfície e canal, bem como o tradicional processo de retificação/desbaste Junker Quickpoint. (foto/divulgação)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo