Metal Mecânica

Logística azeitada possibilita ao Grupo Ceratizit manter entrega de produtos com agilidade

A Ceratizit e a CB-Ceratizit informam que estão com a produção normal na maior parte. Graças à rede de produção global, como mais de 30 unidades em vários países, interrupções regionais podem normalmente ser compensadas por outras unidades.

 

O centro de logística central do grupo em Kempten, na Alemanha, continua plenamente funcional e pode entregar produtos standard em curto prazo como de costume.

 

As unidades do Grupo Ceratizit na Itália e na Índia planejam retomar a produção no dia 6 de abril e 15 de abril, respectivamente, conforme as medidas impostas pelos governos.

 

Os membros das equipes de serviços e de vendas trabalham em regime de home office e podem ser contatados como de costume.

 

A Ceratizit diz que é importante continuar a produção porque importantes cadeias de suprimentos, como as área de tecnologia médica, produtos de higiene e alimentícios dependem com urgência dos produtos da companhia. “Manter essas cadeias de suprimento em funcionamento e continuar dando apoio aos nossos clientes é de importância enorme, especialmente na situação atual”, diz o comunicado da empresa divulgado no dia 30 de março. “Exceto a saúde de nossos funcionários, esta é a principal prioridade”, continua, frisando que a Ceratizit está empenhando grandes esforços para continuar apta a entregar seus produtos, mesmo na atual situação.

 

A empresa afirma ainda que os representantes de vendas e equipes de vendas estão disponíveis para dar assistência ao cliente normalmente e podem ser contatados sem problemas por telefone e e-mail. Viagens de negócios estão banidas até segunda ordem.

 

O grupo Ceratizit destaca ainda que alinhou sua estratégia de suprimento anos atrás, de forma que o negócio sustentável é possível. Isso se deve a uma seleção orientada de fornecedores de diferentes regiões do mundo e a reciclagem de produtos de metal duro.

 

A empresa informa ainda que no âmbito interno tomou medidas de precaução que incluem o banimento de viagens de negócios em âmbito global; funcionários que foram expostos ao risco de infecção devem permanecer em casa; visitas de pessoas externas à empresa estão reduzidas ao mínimo necessário para dar continuidade das operações de produção; indivíduos externos à empresa que estiveram em contato com pessoas infectadas devem adiar suas visitas. Além disso, funcionários são informados sobre as medidas de higiene necessárias e sobre outras regras para proteção contra a infecção.

 

A empresa destaca que todas as visitas à Ceratizit devem ser reduzidas ao mínimo e precisam ser aprovadas pelo diretor geral local.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo