Eletrônica e Informática

Macrossetor de TIC empregou 2.050.728 profissionais em 2023

O relatório “Monitor de Empregos e Salários”, divulgado pela Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais (Brasscom), observou-se que em 2023 o Macrossetor de TIC (TIC, TI In House e Telecom) teve uma variação de 1,4% em relação ao estoque de 2022, o que representou um acréscimo de 29.205 empregos, atingindo um total de 2.050.728 profissionais. Somente o mês de dezembro de 2023 obteve perda de 5.304 profissionais, 29% a menos que no mesmo período no ano passado em que se registrou uma queda de 7.476 profissionais.

 

Em resumo, os números continuam a mostrar avanço na demanda de empregos no Macrossetor de TIC, mas com uma desaceleração, sem a euforia observada nos dois anos anterior, resultando em um ajuste no mercado de trabalho. Entre as razões, está a indefinição do governo com relação à desoneração da folha de pagamentos, podendo causar um maior índice de informalidade laboral – que já vem sendo combatida pela Brasscom com a criação da Carta de Princípios do Movimento Trabalho Ético.

 

O destaque do relatório também fica para os setores de Serviços de TIC, Software e TI In House (os setores intensivos em mão de obra), que obtiveram um crescimento de 2,3%, alcançando um estoque de 1.393.679 postos de trabalho. O setor TIC teve variação 0,9% (inferior à variação nacional de 2,8%), o que representou um acréscimo de 11.007 empregos, atingindo um total de 1.184.140 profissionais.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo