Metal Mecânica

Nvidia, Rolls-Royce e Classiq avançam na aplicação de computação quântica para CFD em motores a jato

A Nvidia, a Rolls-Royce e a Classiq, uma empresa de software quântico, anunciam uma inovação em computação quântica destinada a trazer eficiência cada vez maior para motores a jato.

 

Utilizando a plataforma de computação quântica da Nvidia, as empresas projetaram e simularam o maior circuito de computação quântica do mundo para dinâmica de fluidos computacional (CFD) – um circuito que mede 10 milhões de camadas de profundidade com 39 qubits. Ao usar GPUs, a Rolls-Royce está se preparando para um futuro quântico, apesar das limitações dos computadores quânticos atuais, que suportam apenas circuitos com algumas camadas de profundidade.

 

A Rolls-Royce planeja usar o novo circuito em sua jornada para a vantagem quântica em CFD para modelar o desempenho de projetos de motores a jato em simulações que usam métodos de computação clássica e quântica.

 

Tais avanços são importantes para a Rolls-Royce, um dos líderes na indústria da aviação, em seu trabalho para construir motores a jato de última geração que apoiem a transição energética com uma aviação mais sustentável.

 

“Projetar motores a jato, que são um dos dispositivos mais complicados do mundo, é caro e desafiador computacionalmente”, diz Ian Buck, vice-presidente de hiperescala e HPC da Nvidia. “A plataforma de computação quântica da Nvidia oferece à Rolls-Royce um caminho potencial para enfrentar esses problemas enquanto acelera sua pesquisa e desenvolvimento futuro de motores a jato mais eficientes.”

 

“Aplicar os métodos de computação clássica e quântica diretamente ao desafio de projetar motores a jato nos ajudará a acelerar nossos processos e realizar cálculos mais sofisticados”, afirma Leigh Lapworth, pesquisador de ciência computacional da Rolls-Royce.

 

A Rolls-Royce e sua parceira, a Classiq, com sede em Israel, projetaram o circuito usando o mecanismo de síntese do Classiq e o simularam usando GPUs Nvidia A100 Tensor Core. A velocidade e a escala do processo foram possibilitadas pelo Nvidia cuQuantum, um kit de desenvolvimento de software que inclui bibliotecas e ferramentas otimizadas para acelerar os fluxos de trabalho da computação quântica.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo