Metal Mecânica

Projeto de inovação de número 800 da Embrapii vai ajudar empresa do ramo de metalurgia

O projeto de inovação de número 800 da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que une indústria e pesquisa nacional será desenvolvido para uma empresa de metalurgia. O projeto prevê o desenvolvimento de um sistema inteligente, baseado nos conceitos de indústria 4.0 e IoT, para automatizar o processo de fabricação de antenas parabólicas.

O software permitirá identificar peças defeituosas ou falhas nas máquinas de produção. Em alguns casos, a tecnologia também será capaz de se autoconfigurar para correção do sistema. Atualmente, erros no processo são identificados no momento final de produção, o que causa perdas de matéria prima, recursos financeiros e humanos. O novo é uma parceria entre a empresa Metalurgia W3SAT e a Unidade Embrapii Instituto Federal do Ceará (Ifce) e conta com o investimento total de R$ 379 mil, 1/3 da Embrapii.

Em seis anos de atuação, a Embrapii auxiliou 566 empresas de todos os portes com o modelo de atuação da instituição que, além de recursos não-reembolsáveis, oferece uma rede de centros de pesquisas capacitados para criar soluções para o mercado.

“Para serem competitivas, as empresas brasileiras precisam investir em inovação e a Embrapii oferece tais possibilidades em um processo sem burocracia, ágil e flexível. Como há certo grau de dificuldade para as empresas abraçarem com mais ênfase a inovação, a EmbrapiI se constitui em braço operacional altamente eficiente e vantajoso”, destaca o diretor-presidente, Jorge Guimarães.

Os projetos Embrapii atendem a demanda por inovação em diferentes áreas, como agronegócio, saúde, energia, mineração, manufatura 4.0, internet das coisas (IoT), entre outras, e diversos deles já estão no mercado nacional e internacional contribuindo para que pequenas e grandes empresas possam ter suas ideias viabilizadas, de acordo com suas necessidades.

Para que isso seja possível, a Embrapii atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as necessidades da indústria. Atualmente, há 42 Unidades Embrapii distribuídas pelo país.

COMO FUNCIONA – A Embrapii é uma organização social que tem contrato de gestão com três Ministérios: Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Educação (MEC) e Saúde. O modelo adotado permite rapidez, flexibilidade e risco reduzido no apoio a projetos de PD&I. Na prática, funciona assim: as empresas que possuem um projeto avaliado como inovador devem se associar a uma das unidades que avaliam os projetos, analisam questões como viabilidade técnica e interesse do mercado. Caso aprovados, os gastos para seu desenvolvimento são divididos em três partes. A Embrapii fica responsável por um terço do investimento, outro terço é garantido pela Unidade ao disponibilizar mão de obra qualificada e equipamentos, e a empresa financia o restante.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados