Metal Mecânica

Simak prevê faturamento de R$ 250 milhões em 12 meses com a locação de equipamentos pesados

A Manserv, uma das líderes do mercado brasileiro em serviços de manutenção industrial, de edificações e intralogística, dona de um faturamento superior a R$ 3,5 bilhões em 2022, ingressa no mercado de locação de maquinário pesado. A companhia está investindo R$ 400 milhões para dar início ainda em março às operações da Simak Rent, criada para atuar no segmento. Deste total, R$ 240 milhões já foram alocados na nova empresa e R$ 160 milhões serão injetados no negócio até o final do ano.

 

A Simak nasce com um parque de 1.300 máquinas e vai atuar na locação de caminhões e de equipamentos das linhas amarela (voltada para a movimentação de materiais e construção) e verde (voltadas para o agronegócio).

 

Nesta fase inicial de operações, cerca 60% dos equipamentos são formados por caminhões leves, pesados e extrapesados, que serão destinados a atividades de logística interna das contratantes.

 

Os equipamentos da linha amarela (pás carregadeiras, escavadeiras, entre outros) respondem por 35% dos equipamentos da Simak. Já o segmento de linha verde responde por 5% dos ativos e reúne equipamentos para atividades agroflorestais.

 

A Simak projeta faturamento de R$ 250 milhões no primeiro ano de atividade. “Começamos a operação com 140 contratos em 65 clientes”, aponta Anderson Antonio de Abreu, CEO da nova operação. Até o final do ano, a companhia será listada em bolsa como empresa de capital fechado e será auditada trimestralmente.

 

A nova companhia vai oferecer locação, manutenção e suporte à operação de equipamentos pesados, priorizando contratos de longo prazo. “Nossa estratégia é focar em projetos estruturados que tragam previsibilidade, estabilidade e menor custo total de operação. Queremos ir além da pura e simples locação de equipamentos”, diz Abreu.

 

Entre os setores que serão atendidos pela nova empresa na fase inicial de operação estão mineração, fertilizantes, químico, petroquímico, siderurgia, metalurgia, energia e papel e celulose.

 

A sinergia com a Manserv foi a grande motivadora da criação da nova empresa. A Simak traz para o negócio a experiência de 38 anos da Manserv em serviços técnicos especializados e em desenvolvimento de soluções para empresas de grande porte. Atualmente a Manserv tem 600 contratos ativos no país e atende um quarto das 300 maiores empresas em operação no Brasil do ranking Valor 1000.

 

Para imprimir eficiência à operação, a Simak vai trabalhar com foco em tecnologia. A empresa irá utilizar os sistemas de telemetria embarcados nos equipamentos para gerar relatórios gerenciais aos clientes, apontando posição, estado, condições de uso dos equipamentos e medidas preventivas para reduzir acidentes, desgastes, paradas e manutenção. “Vamos usar nosso know-how para gerar valor, ajudando os clientes a gerir as frotas e sua aplicação em campo”, explica o CEO da Simak.

 

O cumprimento de metas de ESG é outro ponto de destaque na estratégia da Simak. “Com a gestão dos equipamentos a partir de tecnologia, vamos ajudar as empresas a cumprir metas de redução de emissão de carbono. Equipamentos operados adequadamente, por exemplo, reduzem consumo de combustível o que é crítico para as estratégias de ESG das empresas”.

 

A nova empresa inicia as operações com 200 colaboradores. Até o final do ano serão 400. A Simak está presente em 22 estados e 140 sites e estará encarregada de fazer 100% da manutenção dos maquinários locados.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo