Metal Mecânica

Sistema de monitoramento da Portos RS dá suporte nas enchentes de Porto Alegre

O sistema de monitoramento de nível da água operado pela Portos RS está dando suporte para o enfrentamento das enchentes que assolam o Rio Grande do Sul. O equipamento, o único que permanece operacional durante as enchentes, está instalado próximo ao pórtico central do Cais Mauá, e é essencial para monitorar o aumento dos níveis da água no Lago Guaíba e delta do Rio Jacuí.

 

Desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e outros parceiros acadêmicos e comerciais, o sistema utiliza a tecnologia avançada de Refletometria GNSS e está integrado ao Programa de Gestão Ambiental do Porto de Porto Alegre – PGA/POA, executado pela UFRGS, em parceria com a Diretoria de Meio Ambiente da Portos RS. Esta técnica emprega ondas de sinais de satélites GPS que refletem na água para realizar medições precisas a uma distância segura. Além de prevenir danos pelo contato direto com a água, a medição remota protege o equipamento de potenciais furtos ou vandalismos.

 

Na exta-feira, 3 de maio, às 14h, o sistema registrou um nível de 4,32 m, ultrapassando o registro da segunda maior enchente histórica de Porto Alegre de 3,46m. Este dado sinaliza a possibilidade de que o nível atual pode exceder o da maior enchente registrada em 1941, que foi de 4,76 m.

 

O monitoramento contínuo e em tempo real é possível graças à alimentação autônoma do sistema por energia solar e à transmissão de dados online, permitindo que as atualizações sejam acessadas imediatamente através de uma dashboard. As medições podem ser visualizadas através da internet pelo site https://bit.ly/dashboard-tidesat

 

De acordo com o diretor de meio ambiente da Portos RS, Henrique Ilha, “isso reforça a intenção da Autoridade Portuária de se tornar um grande hub de tecnologia, buscando respostas assertivas e importantes para a gestão da hidrovia. Ocorre que o sistema acabou sendo muito relevante para esse momento difícil causado pelas enchentes, por se tornar o único equipamento confiável para manter as medições do nível da água do Lago Guaíba”.

 

Com as medições disponíveis para visualização online, a Portos RS, juntamente com a UFRGS e a startup TideSat Global, assegura uma resposta eficaz e informada às situações de enchentes, fortalecendo a infraestrutura de monitoramento hídrico da região. (foto/divulgação)

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo