Metal Mecânica

Startup brasileira desenvolve solução que usa a IA para otimizar operação nos portos

Com pouco mais de um ano de existência – foi fundada em Santos (SP) em outubro de 2021 -, a startup brasileira  HexagonPro foi um dos destaques da Web Summit, conferência que reúne startups de mais de 160 países e que este ano foi novamente realizada em Lisboa, Portugal, no começo de novembro.

O motivo: a empresa levou para o encontro, uma das mais reluzentes vitrines mundiais de inovação, tecnologia e empreendedorismo, uma solução de Inteligência Artificial (IA) que poderá simplesmente revolucionar a operação de embarque, nos portos, de cargas soltas e granéis, como grãos e celulose.

O novo sistema permite, principalmente, acelerar o processo de movimentação nos terminais portuários e recintos alfandegados e não alfandegados, desde a chegada e armazenagem até o planejamento e embarque no navio. O software, na prática, reúne controle, gestão e inteligência à cadeia de exportação, integrando o processo convencional aos métodos da IA.

“Termos conseguido mostrar a nossa solução para empresas de outros países foi importante para elas perceberem como o Brasil está avançado, quando o assunto é tecnologia e inovação no setor portuário”, diz Luiz Simões, CEO da HexagonPro, que participou pela primeira vez da Web Summit. “Elas viram que o nosso produto pode ser utilizado em portos do mundo inteiro.”

Diga-se que, no Brasil, o software da Hexagon Pro já está sendo bastante utilizado. Atualmente, é responsável por movimentar aproximadamente 1 milhão de t de celulose todos os meses, o que corresponde a 85% da celulose exportada no porto de Santos, no estado de São Paulo, que é o maior do pais.

Recentemente, a startup também levou sua inovação para o porto de Itaqui, no Maranhão. Nesses locais, já atende clientes de grande porte, como Suzano e Bracell, ambas da área de celulose.

A empresa ainda foi aprovada para ingressar no Cubo Itaú, considerado o maior hub de tecnologia e empreendedorismo da América Latina, por já estar na categoria Beta, que reúne startups que possuem um produto e clientes.

POLO TECNOLÓGICO – Conhecida como uma das maiores conferências de tecnologia do mundo, a Web Summit reúne importantes profissionais do mercado e cerca de 70 mil pessoas de diversas nacionalidades.

A importância da Web Summit tem sido crescente. Na verdade, já é tão grande que, por onde passa, transforma a cidade em polo tecnológico. O evento foi um dos responsáveis por fazer empresas como BMW e Mercedes Benz abrirem operações em Portugal, país onde o evento acontece desde 2016.

Em 2021, mais de 42 mil pessoas de 128 países participaram da edição, que contou com palestras de nomes como Brad Smith, presidente da Microsoft, e de Antonio Costa, primeiro ministro de Portugal.

Na edição de 2022, que foi realizada entre os dias 1 e 4 de novembro, a estimativa é de participação de mais de 70 mil pessoas, com a presença de 2.300 startups e 1.200 investidores, de todos os cantos do mundo. (texto: Alberto Mawakdiye/foto: divulgação).

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo