Metal Mecânica

Unylaser desenvolve implemento rodoviário; primeiro lote será exportado para o Canadá

A empresa gaúcha Unylaser, parte do Grupo PCP Steel e especializada em produtos e componentes metálicos, irá em breve exportar para o mercado canadense um novo fueiro para o transporte de madeira, que virá equipado com um sistema automático de amarração e de controle de amarração da carga.

Espécie de estacas usadas para cercar e proteger a carroceria de caminhões, os fueiros (na foto, um fueiro da Unylaser) são uma especialidade da Unylaser, que comercializa várias tipologias (inclusive fueiros off-road) em países da América do Sul, América do Norte e Europa. A empresa fabrica ainda produtos para aplicações especiais, como chassis e módulos de baldeio de carga, entre outros.

O projeto para a criação deste produto foi pensado para oferecer segurança e ergonomia. De acordo com Aurélio Francisco Ames, gerente geral da Unylaser, deverá se tratar de um produto quase inteiramente automatizado, no qual o motorista do veículo florestal poderá executar toda a operação de carregamento e travamento da carga por meio de um controle remoto.

“Assim, ele evitará os riscos de rodagem com carga mal assentada, não sendo necessário que o cintamento seja feito de forma manual e impedindo lesões por esforço repetitivo, além de outros riscos de acidente”, explica Ames.

Segundo ele, o fueiro foi concebido inicialmente para uma demanda já existente no mercado do Canadá, onde os custos com afastamento de motoristas causados por lesões na operação com os produtos atuais são muito altos. Mas a ideia é que, a médio prazo, este produto seja incorporado nas operações brasileiras.

O projeto será encabeçado pela Raptor, marca criada dentro da Unylaser que incorpora, há mais de dez anos, toda a linha de acessórios para a área de transporte florestal do grupo.

Ele está sendo desenvolvido em estreita colaboração com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Rio Grande do Sul (Senai-RS), tendo sido selecionado no segundo ciclo do Edital Gaúcho de Inovação para a Indústria (EGII), na área de Logística. Com duração prevista de 15 meses, o projeto contará com um fomento de R$ 600 mil advindo do EGII.

O edital, que teve apoio da Federação das Indústrias do Estados do Rio Grande do Sul (Fiergs) e outras entidades, disponibilizou recursos entre R$ 200 mil e R$ 600 mil por projeto. Nada menos que 29 projetos foram aprovados nesta edição. Puderam participar do certame indústrias grandes, médias, pequenas, micros e startups.

DIVISÃO DE TAREFAS – Segundo Ames, na parceria com o Senai, a Raptor entrará com o conhecimento de mercado e na manufatura de fueiros leves, no uso de aços de alta resistência mecânica e processos de conformação, enquanto o Senai participará com a estrutura física de laboratórios e profissionais com experiência em áreas como projeto eletrônico, sistema hidráulico e programação de CLP.

“Parcerias deste tipo são essenciais para o desenvolvimento de produtosque exigem investimento relativamente altos e envolvem áreas de conhecimento como eletrônica e hidráulica, nas quais não somos especialistas”, diz o executivo.

Fundada há 40 anos em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, a Unylaser é uma das principais empresa brasileiras na manufatura de aços de alta resistência, operando no fornecimento,para diversos segmentos do mercado, de conjuntos e componentes de médio e grande porte fabricados a partir do aço.

A sua unidade fabril, com 13 mil m² de área disponível, é uma das maiores do mundo na produção de fueiros, apresentando uma capacidade anual de transformação de mais de 20 mil t de aço em componentes.

No processo de produção dos fueiros Raptor são utilizados softwares de simulação virtual, análises de elementos finitos, análises de impacto ambiental, testes por ciclos, ensaios destrutivos, metalografias e performance estrutural. A empresa também oferece soluções customizadas em um processo de co-criação de produtos em parceria com os clientes interessados. (texto: Alberto Mawakdiye/foto: divulgação)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo