Metal Mecânica

Acordo de Reconhecimento Mútuo será assinado por 11 países em SP, no dia 18

Autoridades governamentais das aduanas de 11 países, envolvendo as áreas da saúde e da agricultura, estarão reunidas no próximo dia 18, em São Paulo, para concretizarem uma iniciativa há muito esperada. Ao assinarem o Acordo de Reconhecimento Mútuo Regional (ARM), as fronteiras destes países estarão alinhadas nos procedimentos legais, agilizando os processos de importação e exportação de mercadorias.

Integrado, o grupo poderá garantir maior eficiência em Gestão Coordenada de Fronteiras, com benefícios para os governos, que operarão de maneira equânime, com ganhos de tempo e com economia para as agências aduaneiras e, por decorrência, para as empresas, notadamente as que participam do programa brasileiro Operador Econômico Autorizado (OEA).

“As empresas OEA com benefícios no Brasil terão replicados seus benefícios nos demais países o que se traduz em operações de exportação de maneira ágil que se refletirá no custo final do processo e da mercadoria”, analisa o consultor sênior do Instituto Aliança Procomex, César Garcia.

Brasil, Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Costa Rica, Guatemala, Paraguai, Peru, República Dominicana e Uruguai atuarão integrados contribuindo diretamente para que a cadeia logística opere com segurança e evite também o trânsito de produtos ilícitos como drogas e armas. A assinatura do Acordo integra a programação do VIII Seminário Internacional OEA – Gestão Coordenada de Fronteiras: O Programa OEA e o e-commerce, promovido pelo Instituto Aliança Procomex, em parceria com a Secretaria da Receita Federal, nos dias 18 e 19 de maio, no Hotel Renaissance, em São Paulo.

A Aliança Pró Modernização Logística de Comércio Exterior é integrada por mais de 125 instituições do setor privado que buscam sistemas aduaneiros mais ágeis e confiáveis. Por meio do braço operacional, o Instituto Aliança Procomex, reúne especialistas e agentes do comércio exterior, promovendo uma plataforma para que o setor privado e os órgãos governamentais trabalhem juntos no desenvolvimento de um sistema de gestão moderno de comércio exterior através de um sistema aduaneiro que fortaleça o controle e a segurança, preserve a saúde, o patrimônio cultural e ambiental das nações para gerar investimentos, aumentar as oportunidades de emprego e contribuir para a redução da pobreza.

Informações e inscrições: http://www.procomex.org.br/2022/02/07/gestao-coordenada-de-fronteiras-o-programa-oea-e-o-e-commerce/

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo