Metal Mecânica

Coleta e destinação correta de lata de aço usadas cresce 19% no estado de São Paulo

A coleta de latas de aço no estado de São Paulo em 2023 cresceu 19% em relação ao ano anterior. As 20.170,12 toneladas recolhidas representam o volume de embalagens de aço pós-consumo destinadas corretamente, segundo a Prolata Reciclagem, associação sem fins lucrativos criada para cumprimento das políticas de resíduos sólidos.

 

A partir do esforço para expansão de pontos de entrega e promoção de educação ambiental, a entidade inicia 2024 presente em 11 das 16 regiões administrativas do estado. O Programa Prolata fechou 2023 ativo em 76 municípios por meio da parceria com 15 cooperativas ou associações de catadores e catadoras de materiais recicláveis. Com 25 entrepostos parceiros e 290 pontos de recebimento de latas, totalizando 330 iniciativas em atividade no estado contribuindo para a destinação final ambientalmente adequada de embalagens de aço pós-consumo.

 

Thais Fagury, presidente-executiva da Prolata Reciclagem, reconhece a importância do investimento realizado para expansão de pontos de entrega e promoção de educação ambiental, ações direcionadas ao consumidor final. “O programa deu continuidade às ações estruturantes realizadas desde 2013 junto às cooperativas parceiras, incluindo novas formas de apoio e fortalecimento dos grupos”, conta. Destaca também que, em 2023, a Prolata deu sequência à inclusão de novos entrepostos, aumentando a capilaridade e promovendo o escoamento de latas de aço com a rastreabilidade necessárias em novos municípios.

 

PROLATA RECICLAGEM  – Criada em 2012, a Prolata Reciclagem é uma associação sem fins lucrativos e uma iniciativa da Abeaço (Associação Brasileira de Embalagem de Aço), com coordenação e patrocínio da Abrafati (Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas), para o cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), Lei no 12.305/10, e demais políticas.

 

O Programa encontra-se ativo nas cinco regiões do Brasil e possui o objetivo de estimular a reciclagem de latas de aço no país, gerar estatísticas confiáveis a respeito, abrir um canal direto com os consumidores, fomentar centros de reciclagem e parcerias com cooperativas de catadores, assim como valorizar o preço da sucata de aço para embalagens. Além disso, também investe em plataformas de comunicação e na educação da sociedade sobre o tema.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo