Metal Mecânica

Cresce apoio para o padrão umati de interface universal para máquinas-ferramenta

O umati, interface universal para máquinas-ferramenta, vem sendo bem-sucedida em seu caminho para se tornar um padrão internacional reconhecido para comunicação de máquinas-ferramentas com sistemas de tecnologia da informação de nível mais alto.

“Nosso recentemente fundado Grupo de Trabalho Conjunto OPC UA (JWG) começou os trabalhos em meados de fevereiro e formos bem-sucedidos em encorajar dois outros conhecidos fabricantes de controladores a se juntar a nós: B&R Automation, da Áustria, e Mitsubishi Electric, do Japão”, diz o dr. Alexander Broos, chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da VDW (Verein Deutscher Werkzeugmaschinenfabriken – Associação Alemã dos Fabricantes de Máquinas-ferramenta).

O umati é também apoiado por fabricantes de controladores, como Beckhoff, Bosch Rexroth, Fanuc, Heidenhain e Siemens. “Agora temos os principais fabricantes de controladores numéricos computadorizados (CNC) com o umati”, afirma Götz Görisch, gerente de Projeto umati na VDW.

O envolvimento e o apoio dos fabricantes de controladores só fazem sentido porque seus usuários estão agora pedindo um padrão independente de fabricante, que lhes permita ler seus dados e processos em um formato de dados uniforme.

Nesse sentido, Peter Berens, chefe de desenvolvimento de Negócios CNC da Bosch Rexroth AG de Lohr am Main, afirma: “A Bosch Rexroth explicita e saúda a normalização iniciada pela VDW sobre a base reconhecida do padrão OPC UA. Nós estamos participando ativamente do projeto umati e o integramos no sistema CNC MTX.”

A internacionalização do umati com base na OPC UA faz avançar suas expectativas. Michael Marzluff, Consultor Senior e gerente de Contas Chaves de CNC na Mitsubishi Electric Europe em Ratingen, na Alemanha, diz: “Depois que a VDW decidiu partir para a internacionalização com a sua abordagem de normalização baseada na OPC-UA para o umati, a Mitsubishi Electric está muito satisfeita de participar nessa iniciativa.”

Um motivo essencial para isso é que contribuir para o umati é também interessante para a imagem dos fornecedores de controladores. Eles podem atender às necessidades dos clientes e posicionar-se como pioneiros.

Uwe-Armin Ruttkamp, chefe de Sistemas de Máquinas-ferramenta da Siemens AG, de Erlangen, confirma: “O umati da VDW é importante para nós, porque ele define o conteúdo de aplicações típicas na indústria de máquinas-ferramenta e também reflete a abertura e a flexibilidade do nosso leque de produtos.”

A VDW lançou o umati em 2017 junto com oito conhecidos fabricantes de máquinas-ferramenta como parte do projeto chamado Conectividade para a Indústria 4.0. Uma grande instalação para demonstração está sendo planejada para a EMO Hannover 2019. “Há muita coisa a ser feita até lá”, diz Görisch da VDW. A especificação OPC UA para máquinas-ferramenta precisará estar disponível até lá, e os pré-requisitos necessários e as adaptações precisam estar prontas para as empresas de máquinas e controladores participantes. Os primeiros cases serão apresentados em Hannover, em setembro de 2019. Nesse meio tempo, 130 funcionários de 50 companhias em 12 países se registraram para participar da JWG.

Os fabricantes de controladores, por sua vez, estão prontos. Henning Rausch, responsável para CNC aplicações na Beckhoff Automation, de Verl, está provendo o umati para seus clientes. “Estamos alertando nossos clientes de máquinas-ferramenta para o umati e suas possibilidades. A Beckhoff estará assim participando da demonstração ao vivo na EMO Hannover conectando várias de suas máquinas por meio da interface umati. Nós também estaremos apresentando o umati no estande da Beckhoff.”

FONTE: IPESI

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo