Eletrônica e Informática

De jigas de teste manuais a um processo totalmente automatizado

O novo sistema automático de contatos NA/NF da INGUN para jigas de teste manuais permite um aumento da produtividade e da eficiência na fabricação de produtos eletrônicos – graças à automação flexível dos processos de teste.

Na produção de componentes eletrônicos, as jigas de teste com acionamento manual são frequentemente usadas para o teste elétrico das placas de circuito impresso.

As jigas de teste manuais caracterizam-se especialmente pelo fato de poderem ser usadas com muita flexibilidade. No entanto, há motivos para a automação desses processos de teste: por exemplo, um aumento no número de peças a produzir, a mudança para a produção 24/7 ou a minimização de possíveis fontes de erro.

TUALIZAÇÃO SIMPLES E FLEXÍVEL – Com o sistema automático de contatos NA/NF FB-OSA-E-MA2xxx da INGUN, as jigas de teste manuais já existentes podem ser simplesmente atualizadas com essa funcionalidade. O acionamento elétrico permite a abertura e o fechamento automáticos da jiga de teste e, portanto, o contato com o dispositivo em teste. Com o novo sistema automático de contatos NA/NF, os processos de teste manuais podem ser automatizados posteriormente, tornando-os, mais rápidos, mais confiáveis, mais produtivos e mais flexíveis, por exemplo, quando se trata de testes de placas de circuito impresso: os funcionários não precisam realizar tarefas repetitivas e ganham tempo para tarefas mais complexas.

MAIS PRODUTIVIDADE E SEGURANÇA – Para evitar potenciais riscos durante o contato manual, é preciso garantir uma segurança que detecte o engate com a jiga atempadamente e interrompa o processo de fechamento, parando o acionamento antes que ocorra uma lesão. A INGUN oferece uma régua de contato de segurança opcional com função de parada que pode ser usada com o novo sistema automático de contatos NA/NF.

FLEXIBILIZAÇÃO PELA AUTOMAÇÃO – Se necessário, a cadeia de valor pode ser otimizada ainda mais com o aumento do grau de automação, automatizando também a inserção do dispositivo em teste na jiga de teste e a sua remoção. Cada vez mais empresas estão usando na produção robôs colaborativos, os chamados cobots. Ao contrário dos robôs industriais convencionais, os cobots possuem sensores que permitem a cooperação direta com humanos sem separação espacial. Além disso, o teste automatizado conseguido graças ao uso de cobots em combinação com o sistema automático de contatos NA/NF pode ser escalonado conforme necessário.

RESUMO E PERSPECTIVAS – Ao usar um sistema automático de contatos NA/NF como o FB-OSA-E-MA2xxx da INGUN, os processos de teste manuais podem ser automatizados posteriormente e os processos de teste podem ser mais rápidos, mais confiáveis, mais produtivos e mais flexíveis.

Uma régua de contato de segurança, que também pode ser instalada posteriormente, minimiza ainda mais os riscos que podem surgir na operação automatizada. Com o uso de cobots, o grau de automação e eficiência pode ser aumentado ainda mais.

Mais informações sobre o novo sistema automático de contatos NA/NF da INGUN estão disponíveis em: https://ingun.com/es-ES/conocimientos/techtalk/mecanismo-automatico-de-apertura-y-cierre-para-automatizar-las-fixturas-manuales/

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo