Eletrônica e Informática

Despesas mundiais com TI vão aumentar 6,8%

As despesas mundiais com TI totalizarão 5 trilhões de dólares em 2024, representando um aumento de 6,8% em relação a 2023, de acordo com previsão do Gartner, que faz  pesquisa e aconselhamento para empresas. Esse montante é inferior à previsão do trimestre anterior que indicava de crescimento de 8%. Embora a Inteligência Artificial Generativa (GenAI) tenha tido um hype notável em 2023, ela não mudará significativamente o crescimento dos gastos com TI no curto prazo.

 

“Embora a GenAI mude tudo, essa tecnologia não terá um impacto significativo nos gastos com TI, semelhante à IoT, blockchain e outras grandes tendências que experimentamos”, diz John-David Lovelock, vice-presidente e analista do Gartner. “2024 será o ano em que as empresas realmente irão investir para planejar o uso de GenAI, mas os gastos com TI serão impulsionados por forças mais tradicionais, como lucratividade, mão de obra e arrastados por uma onda contínua de resistência à mudança.”

 

Os serviços de TI continuarão a registrar crescimento em 2024, tornando-se, pela primeira vez, o maior segmento de despesas com tecnologia da informação. O Gartner prevê que as despesas com serviços de TI devem crescer 8,7% em 2024, atingindo 1,5 trilhão de dólares. Isso se deve em grande parte ao fato de as empresas investirem em projetos de eficiência e otimização organizacionais. Os analistas estimam que esses investimentos serão cruciais durante o período de incerteza econômica.

 

“As taxas de adoção entre os consumidores para dispositivos e serviços de telecomunicação estagnaram há mais de uma década. Os níveis de gastos dos consumidores são principalmente impulsionados por mudanças de preço e ciclos de substituição, deixando espaço apenas para crescimentos incrementais. Com isso, ser ultrapassado por software e serviços era inevitável”, diz Lovelock. “As empresas continuam encontrando mais usos para a tecnologia. A TI saiu do back-office, passou para o front-office e, agora, está gerando receita. Até que haja uma definição sobre como e onde a tecnologia pode ser usada em uma empresa, não pode haver um patamar nos gastos com TI empresarial.”

 

A resistência dos CIOs (Chief Information Officer) às mudanças continua a afetar gastos com TI: A taxa de crescimento global das despesas de TI para 2023 foi de 3,3%, o que representa um aumento de apenas 0,3% em relação a 2022. Isso se deve em grande parte à resistência dos CIOs à mudança. A dinâmica será recuperada em 2024, com um aumento estimado em 6,8% nas despesas gerais de TI.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo