Eletrônica e Informática

Empresa desenvolve uma nova tecnologia para o monitoramento de ruídos

Ferramenta analítica bastante utilizada por varejistas, webmasters e clubes de futebol, os “mapas de calor” – heatmaps – podem ser aplicados também à realidade corporativa.

A técnica, utilizada para identificar aglomerados e mapear concentrações de uma determinada atividade, quando transposta para o contexto organizacional, tem por intuito investigar se o ambiente físico de trabalho está organizado da maneira mais eficiente possível. Para isso, a adoção de soluções tecnológicas facilita o desenvolvimento de estratégias de gestão mais assertivas, baseadas em dados.

Por meio do monitoramento dos níveis de ruído, o dispositivo digital Noise Guide, desenvolvido pela Jabra, multinacional especializada em soluções de áudio, viabiliza a identificação e rastreamento de áreas problemáticas no ambiente de trabalho – proposta similar à sugerida pelos mapas de calor.

O equipamento, compacto e funcional, distribuído nacionalmente pela SigmaOne, permite o registro diário dos níveis de ruído por um período de três meses, além de possibilitar que os dados coletados neste intervalo sejam transferidos para um computador ou pendrive e, posteriormente, analisados com auxílio do software especial SoundEar 3.

“Em vez de apenas observar o ambiente do escritório, podemos usar esses dispositivos para coletar dados imparciais sobre o local de trabalho e, talvez o mais importante, capturar informações detalhadas sobre a intensidade dos ruídos de fundo. E, em vez de nos livrarmos do ruído no escritório (o que é praticamente impossível), podemos coletar e analisar dados para construir um mapa detalhado dos pontos ativos de ruído e reconfigurar o espaço de trabalho para realocar essas áreas ou funcionários barulhentos em outros lugares”, explica Alexssander Camargo, gerente de produtos da SigmaOne, uma das mais importantes distribuidoras de produtos Jabra no Brasil.

A adoção do Noise Guide pode ainda impulsionar mudanças comportamentais positivas, que impactam diretamente no bem-estar dos funcionários, principalmente em ambientes open space.

Carlos de Souza, gerente regional da Jabra, explica por quê: “Algo em torno de 35% das pessoas que trabalham em open office, por exemplo, reclamam do ruído alto causado pelos colegas e como isso interfere diretamente na sua saúde e produtividade. Quando os níveis de ruído ultrapassam o limite pré-definido, o Noise Guide emite sinais visuais instantâneos: a unidade pode ficar vermelha, amarela ou verde para avisar as pessoas do alto grau de som. O feedback visual estimula a redução do barulho, criando um melhor ambiente de trabalho”.

Versátil, a solução é configurada de acordo com as necessidades específicas de cada usuário. “Você pode personalizar o equipamento para ser mais ou menos sensível ao ruído – dependendo se o escritório é mais silencioso ou barulhento. À medida que a sua empresa cresce, o ruído tende a aumentar e, consequentemente, a produtividade, portanto, contar com algo que possa prevenir é sempre uma situação vantajosa”, aponta de Souza.

O ruído é considerado um dos agentes físicos nocivos mais comuns no ambiente corporativo. Em excesso, pode perturbar o descanso, o sono e a comunicação nos profissionais, sendo fator desencadeante de alterações orgânicas e psicológicas, como ansiedade, cefaleia, distúrbios gástricos e insônia, além de nervosismo. Os distúrbios atribuídos à exposição dependem da frequência, intensidade, duração e ritmo do ruído, assim como do tempo de exposição e da suscetibilidade individual: quanto maior o tempo de exposição ao ruído, maior a ocorrência de sintomas.

Parte do GN Group, a Jabra é referência na criação de recursos de áudio no mundo. Há oito anos no Brasil, a marca se destaca pela inovação, qualidade e uma linha completa de produtos direcionados ao mundo corporativo. Com aproximadamente 2,3 mil clientes apenas no Brasil, a Jabra contabiliza o índice de taxa de conversão em venda de 80%, quando os clientes vivenciam os produtos e conta com uma equipe de 180 engenheiros nas áreas de vendas, consultoria e pesquisa e desenvolvimento.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo