Metal Mecânica

Engenheiro do Instituto Mauá é um dos vencedores do concurso Fábricas Virtuais

O professor Leonardo Chwif, da Engenharia de Produção do Instituto Mauá de Tecnologia, foi um dos vencedores do concurso Fábricas Virtuais, lançado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). A intenção do concurso era premiar as dez melhores propostas de simulações de linhas de produção em plataformas digitais, no entanto somente três projetos foram aprovados na fase eliminatória.

 

Com o concurso pretendia-se promover as ferramentas da indústria 4.0 e mostrar como elas podem aumentar a produtividade de uma fábrica, além de gerar economia, aproximar dos problemas reais do setor a ABDI e estimular que os princípios da indústria 4.0 sejam cada vez mais aplicados. Por esse motivo, o professor Chwif buscou inspiração na ciência da computação para apresentar uma proposta inovadora.

 

“O projeto de simulação que desenvolvi inclui diversas ferramentas e tecnologias da indústria 4.0 aplicadas a uma linha de montagem de cavidade do forno para uma fábrica de eletrodomésticos. Uma das tecnologias foi a utilização de um robô para fazer a retirada da cavidade da linha de montagem para a linha de montagem principal, que possui visão computacional com base em inteligência artificial para reconhecer os produtos que poderiam apresentar defeitos de montagem”, descreve.

 

FÁBRICAS VIRTUAIS – Os métodos de simulação de linhas de produção possibilitam acompanhar o comportamento de um sistema produtivo e das diversas variáveis e situações operacionais por meio de softwares específicos. Os testes em ambiente virtual antecipam problemas das linhas de produção, já que chegam a ter 95% de aderência à realidade, ou seja, são uma imitação quase perfeita das plantas industriais. Além disso, é possível simular projetos que ainda não saíram do papel, verificando sua eficiência, eficácia e operacionalidade antes de serem implantados.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo