Eletrônica e Informática

Eve e DHL Supply Chain vão desenvolver a concepção da cadeia logística para suporte dos eVTOLs

A Eve Air Mobility e a DHL Supply Chain firmaram um Memorando de Entendimento (MoU) para realizar um primeiro estudo das principais demandas e características da cadeia de suprimentos da operação da aeronave elétrica de decolagem e pouso vertical (eVTOL, na sigla em inglês para electric vertical take-off and landing aircraft) da Eve. O objetivo da parceria é estudar formas de fornecimento de peças de reposição e insumos para operadores e oficinas, com foco para as baterias e suas particularidades de transporte, armazenamento e descarte. Outros aspectos envolvidos são os tipos de modais que serão utilizados para transporte, frequência e plano de entregas, parceiros logísticos necessários, potenciais locais para estoques avançados, requerimentos de infraestrutura física e tecnológica e planos de contingência.

“Estamos transformando a mobilidade aérea urbana, e isso também traz um desafio na área logística. A experiência da DHL nesta área no mercado aeronáutico e em dezenas de outras indústrias, somada à mentalidade de inovação de ambas as empresas, será vital para garantir a operação segura e ágil dos eVTOLs”,  comenta Luiz Mauad, vice-presidente de Serviços e Operações de Frotas da Eve. “Além de se tratar de uma logística de alta performance, temos como premissa reduzir o impacto ambiental da cadeia de suprimentos em linha com nossa proposta de oferecer produtos e serviços mais sustentáveis.”

“Estamos muito animados com esta oportunidade de participar da construção do futuro da mobilidade com a Eve Air Mobility. Iniciativas como essa fazem parte da nossa grande missão ESG, e estamos aportando todo nosso conhecimento e experiência, em favor de que este seja mais um grande projeto de sucesso desenvolvido pela indústria aérea brasileira, com benefícios para grandes cidades de todo mundo”, afirma o vice-presidente dos setores Automotivo, Tecnologia e Consumo da DHL Supply Chain, Maurício Almeida.

O estudo logístico a ser realizado pelas empresas abrange distribuição contínua de partes e peças para reparos e manutenção. Outro ponto fundamental é a logística das baterias, fator chave neste modelo de negócios, na qual a DHL deverá aplicar sua experiência no manuseio de baterias de outras indústrias. Por fim, o abastecimento de suprimentos gerais para os vertiportos também será estudado pelas empresas.

Com o maior backlog da indústria de Mobilidade Aérea Urbana (UAM) para até 2.850 aeronaves, a Eve segue com marcos importantes no desenvolvimento de seu eVTOL e de suas soluções agnósticas para o ecossistema deste mercado, que incluem um software único de Gerenciamento de Tráfego Aéreo Urbano (Urban ATM), uma rede abrangente de serviços e soluções de operações. As primeiras entregas e entrada em serviço estão planejadas para 2026.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo