Metal Mecânica

Gühring tem ampla linha de ferramentas de corte para o segmento de energia eólica

A energia eólica responde atualmente por 20% da geração de energia que o país precisa. São 27,4 gigawatts (GW) de energia eólica gerados pelos ventos em 916 parques eólicos. Segundo estudos da Confederação Nacional da Indústria (CNI) é possível ampliar, com a energia eólica offshore, aquela gerada pelos ventos em alto-mar, em 3,6 vezes a capacidade brasileira de produção de energia, podendo chegar a 700 gigawatts (GW).

 

“O setor de energia eólica exige soluções individuais e exclusivas”, observa o engenheiro Neider de Oliveira Soares, da Gühring Brasil. Ele explica que a fabricação das pás e do cubo do rotor (hub), eixo, transmissão, gôndola e torre, bem como das conexões necessárias entre estes componentes, requer uma série de operações de usinagem de alta precisão. “Dispomos de um leque de ferramentas de alta tecnologia e muito robustas, que atendem às necessidades dos fabricantes desse tipo de produto”, ressalta.

 

A linha de machos laminadores modulares que está entrando mercado é exemplo disso. Ferramenta de roscar intercambiável, feita em metal duro, ela usa haste de aço (HSS-E) para fixação. O revestimento da ferramenta de corte é AlCrN.

 

Já a broca HT 800 é adequada para usinagem de aço, aço inoxidável, ferro fundido e alumínio. A família de brocas helicoidais RT 100 é indicada para aplicações diversas, inclusive para furos profundos, onde tradicionalmente se usa as brocas canhão.  A RT 100 R é especialista na usinagem de ferro fundido, principalmente o ferro fundido vermicular, para aplicações em materiais extremamente duros, abrasivos e difíceis de usinar.

 

As resistentes brocas canhão de metal duro EB 100, EB 80 e EB 800 também são indicadas para atuar nesta área. Setores como de energia eólica necessitam de alargamento de alto desempenho. Uma das soluções indicadas é a linha de alargadores HR 500, perfeita no alargamento de todos os materiais e diâmetros.

 

Outro exemplo é a robusta linha grooving, da Gühring, que pode ser utilizada neste segmento, devido a um abrangente programa de barras para torneamento, corte, canais e rosqueamento, composta por aproximadamente 8.000 produtos.  A Gühring também disponibiliza uma grande diversidade sistemas de fixação, de componentes para o spindle da máquina, mandris, dentro da linha GM 300.

 

Soares acrescenta que na fabricação de pás eólicas, a produção dos furos para passagem das hastes roscadas com as quais a pá do rotor é fixada ao hub, pode ser feita com uma broca sólida de metal duro com ponta de PCD, ou com uma broca de ponta intercambiável HT800 com PCD soldado. (imagem/divulgação)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo